Renault-Nissan quer criar fusão das duas marcas nos próximos 20 anos, segundo site


A Renault-Nissan-Mitsubishi estuda sobre o futuro da indústria automotiva. Preocupada com a diminuição das marcas no mundo caso a condução autônoma e os elétricos se tornem a única saída do mercado mundial, o site Bloomberg confirmou que a Renault e a Nissan discutem para desenvolver uma fusão, criando uma única marca. Não é de se causar espanto, já que essa conversa (pelo menos na Renault-Nissan-Mitsubishi) não é uma novidade. A Renault é dona de 43% da Nissan, enquanto a Nissan é dona de 15% da Renault. As duas são comandadas por Carlos Ghosn, CEO do grupo e quem articula essa fusão. No momento, as empresas iriam manter suas sedes, no Japão da Nissan e na França da Renault, mas também existiria a possibilidade de criar um novo quartel para a nova marca, que poderia ser em Londres ou em algum outro país dos Países Baixos. A fusão é algo difícil de acontecer, já que precisa ser aceito pelo governo francês e japonês. Isso porque a França é dona de 15% das ações da Renault e não gostaria de ver suas quantidades de ações caírem. Em fevereiro deste ano, Ghosn anunciou que a Renault e a Nissan iriam trabalhar em um plano para "fazer a Aliança ser irreversível". Ambas as marcas querem alcançar os US$240 bilhões de lucro até 2020 e 14 milhões de unidades produzidas em todo o grupo. Em 2017, o grupo franco-nipônico vendeu 10.608.366 unidades, aumento de 6,5% nas vendas. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Volkswagen estuda expandir fábrica de São Bernardo do Campo (SP), que produz Polo e Virtus

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Ford Ranger Raptor custa 25% a mais que versão Wildtrak, antiga opção topo de linha

SWM apresenta o seu primeiro SUV, o GoOne, e é apresentado no estádio do Inter de Milão

Hyundai desenvolve a linha N-Line, que estreia primeiro no i30, como opção abaixo da N-Spec

Atual Suzuki Jimny sai de linha no exterior mas se mantém no Brasil por mais um tempo

Jeep descarta desenvolvimento de crossovers e reafirma suas capacidades para offroad

Jaguar diz que um futuro J-Pace é possível e dá a entender que SUV já está em desenvolvimento