MINI confirma lançamento do Countryman JCW para outubro no Brasil, por estimados R$213.950


A MINI confirmou o lançamento do Countryman JCW para outubro no nosso mercado. Depois de ver seu preço revelado pelo site (e a MINI desmentir o preço, dizendo que era testes do site), o modelo chega em dois meses e fecha o lineup do Countryman. O novo Countryman JCW ganha rodas de 18 polegadas (com opção de 19″), para-choques diferentes e kit aerodinâmico. Por dentro, as forrações são pretas e há bancos e volante esportivos. Como opcional, há sistema de frenagem autônoma, farol alto automático e controle de cruseiro adaptativo. Na mecânica, o Countryman JCW conta com motor 2.0 Turbo que desenvolve 231cv de potência e 35,5kgfm de torque. O câmbio pode ser manual de 6 marchas ou automático de 8 velocidades, que acelera de 0 a 100km/h em 6,5 segundos e atinge uma velocidade máxima de 233km/h. Ele consome 16,2km/l de média e emite 169g/km com ambos os câmbios. O Countryman JCW conta com freios Brembo com quatro pistões e seletor de modos de condução que atua nas respostas do acelerador, no peso da direção e, caso o dono opte pelos amortecedores magnéticos, também muda as respostas da suspensão. A tração é integral ALL4. O preço estimado é de R$213.950.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

SsangYong lança Tivoli e Tivoli XLV no Brasil com preços que começam em R$84.900

Chevrolet revela dois teaser da Spin reestilizada, que será lançada dia 04 de julho

TAC Stark retorna ao mercado renovado e com mais investimentos por R$115.000

Chevrolet Spin reestilizada é flagrada sem nenhuma camuflagem por sites argentinos

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022