quarta-feira, julho 05, 2017

Depois de Chile e Colômbia, Honda dá início a exportação do nosso WR-V também para o Peru


Depois de começar a ser exportado para Chile e Colômbia, a Honda começa a exportar o nosso WR-V, produzido em Sumaré (SP), para o Peru. O modelo segue sua expansão comercial pela América do Sul. No Peru ele será vendido nas versões LX e EX, com opção de câmbio manual ou automático CVT. Os preços no país vizinho são de 51.900 soles a 61.700 soles, cerca de R$52.760 a R$62.730. De série, a versão LX oferece freios ABS com EBD, ar-condicionado, vidros e retrovisores com acionamento elétrico, sistema de som com tela sensível ao toque de 5", rodas de liga leve e luzes diurnas de LED. A configuração EX adicionais airbags laterais e de cortina, conexão Bluetooth, piloto automático, volante revestido em couro, câmera de ré e sistema de entretenimento com tela de 8", também sensível ao toque. Em relação ao Fit, o WR-V ganhou grade e capô elevados, para dar aquele ar de robustez, o que incluiu também novos para-lamas e para-choque. Os faróis também são inéditos, com linhas mais agressivas que as do Fit. As rodas são de aro 16" com desenho exclusivo e acabamento escurecido. Na traseira, as lanternas mudam de formato e passam a invadir a tampa do porta-malas, o que fez também com que a placa fosse deslocada um pouco para baixo. Tanto na frente quanto atrás, o para-choque incorpora uma espécie de "peito de aço". Curioso notar que o desenho das proteções plásticas das caixas de roda, com relevo na parte central, se repete em outras partes do carro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário