McLaren apresenta o 570S Spider para o Salão do Automóvel de Frankfurt com seus 570cv de potência


A McLaren apresentou o seu primeiro Sport Series sem teto, o 570S Spider. O modelo perdeu o teto rígido e ganhou um teto rígido retrátil que dá a oportunidade do dono curtir um dia de sol. O teto retrátil em duas peças usa tecnologia originalmente vinda das versões Spider do 650S e do 675LT. A McLaren diz que o mecanismo adiciona 46 kg ao peso do 570S Coupe, e este é o único ganho de peso do conversível. Fora isso não tem nenhuma perda de rigidez estrutural em comparação com o fechado e o chassi do conversível não pediu quaisquer componente extra. O teto pode ser recolhido em 15 segundos e em velocidades de até 40km/h. As peças se escondem em um compartimento que dá uma aparência elegante quando o teto está aberto. Ainda é possível levantar ou abaixar eletricamente um defletor quando o teto está aberto. Quando levantada, a peça reduz a turbulência na cabine. Ao toque de um botão, ela se abaixa e aumenta o barulho no interior. Falando em barulho, o sistema de escapamento esportivo adiciona um controle para aumentar o som do motor no interior. Segundo a McLaren, a aerodinâmica do 570S Spider muda com o teto recolhido. Para compensar isso, adicionou um spoiler maior que do coupé na traseira, que ajuda no downforce. A peça é feita em fibra de carbono. O motor é o mesmo 3.8 V8 biturbo que desenvolve 570cv de potência e 61,2kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de dupla embreagem de 7 velocidades e tração traseira. Com esse conjunto ele acelera de 0 a 100km/h em 3,2 segundos e atinge a velocidade máxima de 328km/h. Com o teto aberto e maior turbulência ele alcança 315km/h. Segundo a McLaren, o 570S Spider consome 6,8 km/l na cidade, 9,8 km/l na estrada e 8,1 km/h no circuito combinado (nos EUA) - os mesmos números do coupé. O conversível conta com ampla possibilidade de personalização. São 20 cores disponíveis e três novas: Curaçao Blue, Vega Blue e Sicilian Yellow. Os compradores podem optar por um kit opcional que pinta o teto, colunas A e a parte traseira em cinza Dark Palladium. Há 10 novas rodas, de aro 19" na dianteira e aro 20" na traseira. Uma nova opção de preto, a Liquid Black, pinta as pinças de freios.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

Skoda Kamiq poderá ser o nome do SUV compacto da marca tcheca e estreia na China

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990