Lotus pode passar a produzir também na China como forma de expandir mercado e aumentar lucros


A produção de carros esportivos na China parece que receber a lendária Lotus muito em breve. Segundo Li Shufu, CEO da Geely, a produção pode se manter Reino Unido e a China se tornar a segunda fábrica da marca, como forma de diminuir os custos. A Lotus já tinha negociado a produção no país asiático antes mesmo de ser comprada pela Geely, dando início a sua expansão que poderia atrair futuramente novos rivais. Agora, a nova controladora diz que é possível que uma parte da produção saia diretamente do país. Apesar de lucros, a Lotus não consegue expandir seu lineup e muito menos atualizar os modelos que estão em linha. A decisão de fazer na China poderá elevar enormemente as vendas locais e assim garantir o financiamento de projetos futuros, que incluem uma nova geração para Elise e Exige, assim como um crossover de alta performance.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

Skoda Kamiq poderá ser o nome do SUV compacto da marca tcheca e estreia na China