segunda-feira, junho 26, 2017

Audi confirma intenção de vender Q2 no Brasil caso o mercado continuar dando sinais de melhora


A Audi está a um passo de confirmar o Q2 no mercado brasileiro. O que ainda impede o modelo de ser vendido no nosso mercado é a indecisão que o mercado ainda passa por uma fase complicada, mas já com sinais de melhora. Se esses sinais forem ainda mais positivos nos próximos meses, o utilitário esportivo deve ser lançado no nosso mercado. Isso porque o Q2 cumpre a função de menor SUV da marca e logicamente o modelo de maior volume de vendas. Caso for lançado no Brasil, o Q2 deve ser vendido apenas como importado, diferentemente do Q3, que é produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR). Durante sua apresentação em 2016 cogitou-se que ele fosse produzido no Brasil, mas a marca nega. Se o Q2 fica abaixo do Q3, que também é um SUV Compacto, os rivais do Q2 passam a ser Jeep Renegade e Honda HR-V. O novo utilitário esportivo da marca alemã é feito sobre a plataforma MQB, a mesma do Golf e A3, medindo 4,19 m de comprimento, 1,79 de largura, 1,51 de altura e 2,60 de entre-eixos. Aqui estima-se preços entre R$110.000 a R$150.000, sendo vendido apenas com motor 1.4 TFSI Flex de 150cv e 25,5kgfm, acoplado com câmbio automático de 6 velocidades Tiptronic. O porta-malas tem capacidade para 405 litros de bagagem (1.050 litros com os bancos rebatidos). No design ele se destaca pela ampla grade frontal, faróis de LEDs com disposição interna em forma de “T” e as largas colunas C, que podem vir em black piano ou cinza. As lanternas de LED são quadradas e remetem ao atual VW Polo europeu. Com uma rápida passada de olho também lembra a do Mercedes-Benz Classe A. No interior, destaque para o Virtual Cockpit, disponível como opcional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário