segunda-feira, maio 08, 2017

Volkswagen Gol, Voyage e Fox ganham linha 2018 com mais itens de série e menos versões


A Volkswagen está apresetando a linha 2018 de Gol, Voyage, Fox e CrossFox nessa semana. Segundo o site Autos Segredos, os compactos perdem versões e ganham mais itens de série. No caso do Gol, o hatch com carroceria de duas portas deve se chamar City, resgatando o nome da versão de entrada vendida até início do século. Além disso a carroceria de duas portas passa a ser vendida exclusivamente para frotistas. Na linha 2018, o Gol será vendido nas versões Trendline 1.0 e 1.6, Track 1.0 e Comfortline 1.6. As principais novidades para as opções 1.0 e 1.6 Trendline é que ambas passam a vir de série ar-condicionado e suporte para celular com entrada USB. No caso da Comfortline não teve alterações nos itens de série. Ela será ofertado com câmbios manual e o automatizado I-Motion enquanto o Track mantém a mesma lista de itens de série. O mesmo caso do Voyage. O sedã passa a ser vendido nas versões City 1.0 (destinada a frotistas), Trendline 1.0 e 1.6, Comfortline 1.6 e Highline 1.6 com câmbio manual ou I-Motion. A versão Trendline adiciona ar-condicionado e suporte para celular com entrada USB. Não há novidades no Comfortline e o Highline continua sendo oferecido para o sedã, diferente do hatch. No caso do Fox, a linha 2018 será vendida nas versões Trendline, Comfortline, Highline, Track e Pepper. Na versão de entrada ele adiciona sistema de alarme com comando remoto, chave tipo “canivete” com comando remoto, espelhos retrovisores e maçanetas das portas na cor do veículo, retrovisores com repetidores de seta e ajustes elétricos, travamento elétrico das portas e porta-malas (com controle remoto) e vidros elétricos traseiros. Na lista de opcionais, a VW oferece o módulo interativo de sistema de som Composition Touch.


O Track ganha volante multifuncional, sistema de alarme com comando remoto, chave tipo “canivete” com comando remoto, vidros traseiros elétricos, retrovisores externos com ajustes elétricos e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros. O único opcional é o Composition Touch com câmera de ré. A versão Comfortline passa a ser vendida só com motor 1.6 e ganha chave canivete com comando, sistema de alarme com comando remoto, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, rodas de liga aro 15” (Turim) e sistema infotainment touchscreen “Composition Media” com App-connect. O opcional é a central multimídia do Track junto a GPS. O Highline passa a ser vendido com controles de tração com função ativa de freio (ASR) e estabilidade (ESC), assistente de partida em rampas (HHC), bloqueio eletrônico do diferencial (EDS), faróis de neblina com luz de conversão estática e sistema de som touchscreen “Composition Touch” com App-Connect. Entre os opcionais há o módulo tecnológico com sistema de som com navegação “Discover Media” e App-Connect  e módulo elegance. O Pepper ganha controle eletrônico de estabilidade (ESC), controle de assistência de partida em rampas (HHC), controle de tração com função ativa de freio (ASR), bloqueio de diferencial (EDS), câmera de ré e faróis auxiliares com tripla função: neblina, longo alcance e luz de conversão estática. No caso do CrossFox, as novidades ficam por conta do controle eletrônico de estabilidade (ESC), assistente de partida em aclives (HHC), faróis auxiliares com tripla função: neblina, longo alcance e “Cornering Light” e câmera de ré. Há só três pacotes de opcionais: módulo elegance, módulo tecnológico com sistema de som com navegação “Discover Media” e App-Connect e Urban White I e II. Preços ainda não foram revelados.


Fonte: Autos Segredos

Nenhum comentário:

Postar um comentário