Novas gerações de Kia Rio e Picanto estão sob os cuidados da HMB na adaptação ao Brasil


A nova geração de compactos da Kia parece que está sendo considerada com mais atenção. Atrás do desenvolvimento das novas gerações de Picanto, Rio e Rio Sedan no Brasil está sendo tocado pela Hyundai Motor Brasil (HMB). Dona da Kia, a marca sul-coreana deve cuidar dos modelos de forma especial e fazer com que eles sejam bem adaptados às nossas realidades. Na adaptação do motor 1.0 12v Flex e 1.6 16v Flex para Picanto e Rio/Rio Sedan, a HMB está sendo essencial. A nova geração passa a ter 4,06 metros de comprimento (ganho de 15mm no comprimento e 5mm na largura) em relação ao modelo anterior, enquanto o entre-eixos passa a ser de 2,58 metros (1mm a mais). Projetado em parceria com os centros de design da Coréia do Sul, EUA e Alemanha, o Rio está mais ocidental e traz a  evolução da grade frontal tiger nose e conta com para-choques mais agressivos, faróis de LEDs com assinatura em forma de “U” e na traseira, lanternas maiores. O interior ganha fica mais “clean” e moderno, com destaque para a tela multimídia flutuante de alta resolução, comandos circulares e maior percepção de qualidade. Dependendo da versão, pode receber revestimentos em couro, apliques em preto brilhante ou imitando alumínio. No Brasil ele deve ser equipado com o motor 1.6 16v Flex que desenvolve 128/122cv de potência com torque de 16,5/16kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas ou automático de 6 velocidades. Espere por preços entre R$57.000 a R$80.000. Já a terceira geração do hatch compacto Picanto se aproxima do irmão Rio no design externo e interno. A Kia revela detalhes da terceira geração. Nas dimensões ele fica 15mm mais comprido nos entre-eixos, chegando a 2,40 metros. Segundo a Kia, isso foi conseguido por meio da diminuição dos balanços dianteiro e traseiro, o que colocou as rodas mais no extremo da carroceria, que permaneceu com o mesmo comprimento total: 3,60 metros. A nova geração foi desenvolvida no Centro de Design da Kia em Namyang, na Coréia do Sul e em Frankfurt, na Alemanha. A variedade de cores em que o hatch será oferecido continua forte: serão 11 opções. Pelo menos em seus principais mercados. Ambos devem ser lançados no início de 2018 no Brasil, já sem imposto de importação.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Versão de maior sucesso do sedã francês da Citroën, C4 Lounge Live esgota em dois meses

Picape do Fiat Mobi inicia bateria de testes e deve ser lançada em meados de 2019

Novidade do Salão de Genebra, Lexus confirma vinda do UX para 2019 no Brasil

BMW lança o X2 no Brasil, opção descolada ao X1, em duas versões com preço inicial de R$211.950

Volkswagen estuda expandir fábrica de São Bernardo do Campo (SP), que produz Polo e Virtus

Reestilizado, Chevrolet Cruze já roda em testes no Brasil e deve ser lançado em 2019

Jaguar diz que um futuro J-Pace é possível e dá a entender que SUV já está em desenvolvimento

Volkswagen lança nova geração do Tiguan no Brasil com carroceria AllSpace por R$124.990