quinta-feira, maio 11, 2017

Ford começa a chamar os 20.020 donos do Fusion 2013 a 2016 com defeito nos cintos de segurança


Convocado em Janeiro, a Ford deu início ao reparo do Fusion produzido entre 2013 a 2016. Além disso, revelou quais os chassis das unidades envolvidas. O chamado envolve 20.020 unidades do sedã grande Fusion no mercado brasileiro. O modelo envolvido no chamado foi produzido entre 5 de Outubro de 2012 a 17 de Fevereiro de 2016. Os modelos envolvidos no recall deverão voltar a uma concessionária mais próxima para efetuar um defeito nos cintos de segurança dianteiros. Pra solucionar o problema a Ford deve aplicar um revestimento isolante para proteger o cabo de fixação do mecanismo do pré-tensionamento dos cintos de segurança dianteiros. Em caso de colisão, "o cabo de fixação do mecanismo fica exposto a altas temperaturas e isso pode diminuir a resistência do cabo de tração. Como resultado, ocupantes podem ficar retidos de maneira inadequada nos assentos, aumentando riscos de lesão em caso de batida". A solução encontrada pela empresa é a aplicação de um revestimento isolante para proteger o cabo, com o tempo de serviço previsto para duas horas, podendo variar conforme o fluxo de atendimentos, diz a montadora. Para maiores informações a Ford informa os telefones 0800 (0800 703 3673) ou o seu site (www.ford.com.br). Confira abaixo o final dos últimos oito dígitos para o chamado.


Final dos Chassis

Ford Fusion 2013
Chassis: DR135710 até DR352208
Fabricado entre 05 de outubro de 2012 até 16 de julho de 2013

Ford Fusion 2014
ER116002 até ER188359
29 de junho de 2013 até 28 de junho de 2014

Ford Fusion 2015
FR100025 até FR186937
21 de abril de 2014 até 30 de outubro de 2014

Ford Fusion 2016
GR334547
17 de fevereiro de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário