segunda-feira, abril 10, 2017

Nissan começa a produzir Kicks em Resende (RJ) depois de oito meses do seu lançamento no Brasil


Lançado no Brasil em Agosto de 2016, a Nissan já produz o Kicks na fábrica de Resende (RJ). Nestes oito meses do modelo importado, o Kicks se tornou um dos modelos mais importantes do segmento, mas agora chega a vez de querer algo maior. A produção do modelo em Resende significa o investimento de R$750 milhões, novos equipamentos para a linha de produção e 700 trabalhadores a mais na fábrica. "A produção do Nissan Kicks em Resende é o resultado da união da grande capacidade profissional dos nossos funcionários com o que há de mais moderno em termos de tecnologias e processos de produção", afirma Hitoshi Mano, vice-presidente de Manufatura da Nissan América Latina. A unidade de Resende (RJ) recebeu mais de 150 novos equipamentos e novas áreas na linha de produção e na inspeção de qualidade especificamente para atender ao Nissan Kicks brasileiro. Só o processo de pintura conta com um sistema automatizado sustentável em que são utilizados 10 robôs de alta tecnologia e também operadores especializados. Entre os novos processos, destaque para a pintura em dois tons, com o teto flutuante e de cor diferente do restante da carroceria, chamada de "2-tone". Junto com a produção nacional do Kicks chegará a versão de entrada, a S, que deve diminuir seu preço para a casa dos R$72.000 com câmbio manual e cerca de R$77.000 com câmbio CVT. Com a produção nacional, a Nissan espera que o modelo assuma a vice-liderança do segmento, mas tem chances de assumir a liderança, já que a diferença entre o Kicks e o líder HR-V é inferior a 1.000 unidades, que a partir de agora não serão mais limitadas pelo governo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário