sexta-feira, abril 21, 2017

Jeep revela o Grand Cherokee Trackhawk no Salão de Nova York, com motor 6.2 de 717cv de potência


Depois de tanta espera, enfim a FCA apresentou o Jeep Grand Cherokee Trackhawk. A versão mais picante do jipão é apresentado no Salão do Automóvel de Nova York e chega com o mesmo motor do Dodge Challenger SRT Hellcat. Com lançamento marcado para o último quadrimestre de 2017 nos EUA, a nova versão se destaca pelo motor 6.2 V8 SuperCharger que desenvolve 717cv de potência com torque de 89,2kgfm. O motor do Trackhawk é 0,6kgfm menos potente que o Hellcat por motivos de preservar a tração integral, mas apenas ajustes foram necessários. Com 2.433kg, ele acelera de 0 a 100km/h em 3,5 segundos, se tornando o SUV de produção a combustão mais rápido do mundo. A Jeep ainda diz que o Grand Cherokee percorre o 1/4 de milha (400 metros) em apenas 11,6 segundos, com velocidade máxima de 290km/h. E ainda puxa 3.266kg. O câmbio é automático de 8 velocidades, onde a força vai para as rodas através de um sistema de tração integral eletronicamente controlado e diferencial com deslizamento limitado nas rodas traseiras. Dependendo do modo de condução, a distribuição pode ser (frente/traseira) de 40-60 em Auto, 50-50 no Auto, 60-40 no "Tow", 35/65 no Sport e 30/70 no Track. Entre os destaques há o conjunto de freios aparente nas rodas de 400mm da Brembo na dianteira e 350mm na traseira faz o Trackhawk frear como acelera. A empresa diz que vai dos 96km/h ao 0 em apenas 34,7 metros. No design, as novidades ficam por conta com para-choque dianteiro ajuda na refrigeração, e as tomadas de ar na parte inferior leva ar ao motor. As laterais cobrem as rodas de 20". Há um novo conjunto de 4 ponteiras de escape com acabamento escurecido. No interior, as novidades ficam por conta do conta-giros centralizado, e a tela de 8,4" tem funções exclusivas para monitorar dados de desempenho. Bancos em couro Nappa com suede são itens de série. Opcional, acabamento em couro premium preto ou vermelho. Os cincos em vermelho são opcionais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário