BMW terá carros movidos a hidrogênio a partir de 2021 e deve testar a tecnologia por quatro anos


A BMW cofirmou que deve apostar em mais um tipo de trem de força: o movido a células de hidrogênio. A marca confirmou que o primeiro modelo a vir com esse tipo de motor virá em meados de 2021 e serão oferecidos primeiramente apenas em alguns mercados para testar o alcance da tecnologia e também testar o consumidor. A partir de meados de 2025 a meta é expandir mercado para este tipo de automóvel. Segundo a marca, o maior entrave à difusão dos carros a hidrogênio é a infraestrutura para reabastecimento. Como não há muitas unidades rodando com esse combustível, há pouco incentivo para construção de postos de hidrogênio, no entanto, a falta de postos desestimula potenciais compradores a levar os carros para casa, num ciclo vicioso. O projeto de automóveis movidos a hidrogênio não chega a ser novidade na BMW. A marca alemã vem trabalhando com a tecnologia há mais de dez anos e apresentou em 2007 o Hydrogen 7, baseado no Série 7. Em 2013, o projeto ganhou gás com a parceria formada entre a BMW e a Toyota, que deverão desenvolver em conjunto um modelo a hidrogênio como parte do mesmo acordo que terá como frutos os novos BMW Z5 e Toyota Supra. Em 2015 a marca apresentou um i8 a hidrogênio que desenvolvia 255cv e um Série 5 GT também foi apresentado.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

FCA inicia reparo da RAM 2500, que envolve 3.527 unidades desde 2014 com defeito no câmbio