Volkswagen Voyage chega a marca de 1,5 milhão de unidades produzidas desde 1981 no Brasil


Lançado em 1981 no Brasil, o Volkswagen Voyage está chegando a marca de 1,5 milhão de unidades produzidas no país. Lançado há 36 anos, o sedã do Gol celebrou o feito histórico na fábrica de Taubaté (SP), na versão Highline pintada na cor Azul Lagoon. Um membros mais importantes da família Gol e da Volkswagen, o sedã foi desenvolvido para o Brasil, produzindo 465.176 unidades até 1996, quando foi substituído pelo "mico" Polo Classic. Ausente por 12 anos, o sedã voltou em 2008 junto com a terceira geração do hatch. O modelo é também um dos mais exportados da história da VW no país, tendo mais de 420 mil unidades enviadas para 61 países, incluindo nações das Américas do Sul, Central e África. Entre as décadas de 1980 e 1990 também fez relativo sucesso nos Estados Unidos, sendo vendido como Volkswagen Fox. O sedã é vendido com motores 1.0 12v MPI Flex, 1.6 8v e 1.6 16v Flex, acoplado ao câmbio manual de 5 ou 6 marchas e ao automatizado de dupla embreagem. Os preços começa em R$45.350 na versão Trendline e vão a R$63.760 na Highline. Em 2016 foram 26.074 unidades vendidas.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

FCA inicia reparo da RAM 2500, que envolve 3.527 unidades desde 2014 com defeito no câmbio