sexta-feira, março 10, 2017

Em Fevereiro, Brasil quebra recorde de exportações com crescimento de 82,2% enquanto mercado interno cai


Apesar da queda de 6,8% em relação ao mesmo período de 2016, a produção de veículos no Brasil cresceu em relação ao mesmo período de 2016. Em coletiva nessa semana, a Anfavea (Associação Nacional de Veículos Automotores) divulgou números que mostram expressiva queda no número de emplacamentos em Fevereiro, mas um crescimento no volume de veículos produzidos e o melhor mês de exportação de carros brasileiros na história. A produção de veículos voltou a crescer. Com 200,4 mil unidades produzidas em fevereiro, a indústria comemora o bom aumento de 39% em relação ao mesmo período de 2016. Apesar do resultado positivo, Antonio Megale, presidente da Anfavea, considera este volume muito abaixo do ideal, citando que esta produção é basicamente a mesma de 11 anos atrás (2006). Outro ponto positivo apresentado pela Anfavea é o nível de empregos, que se manteve estável, com discreto crescimento de 0,3%. O número de postos de trabalho passou de 121,1 mil em janeiro para 121,5 mil em fevereiro. A boa notícia é que não houve retração. Em contrapartida, o resultado de licenciamentos registrou queda de 7,8% em relação a Janeiro, mas essa pelo menos tem uma explicação: o mês curto e o feriado de Carnaval, que fizeram o mês encurtar. O que vem salvando a produção de veículos é a exportação, com um crescimento de expressivos 74,4% comparado a Janeiro, quando 66.268 unidades foram a outros países. Em relação ao mesmo período de 2016, o crescimento é ainda maior: 82,2%. Em 2017 a Anfavea aposta em um crescimento para o Brasil, mesmo que de forma tímida e espera fechar o ano com 11,9% de crescimento e 2,413 milhões de unidades produzida neste ano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário