quinta-feira, fevereiro 23, 2017

Projeto da Alfa Romeo Giulia Sportwagon é cancelado por ficar próximo demais dos SUVs da marca


Depois de confirmar dois novos utilitários esportivos para serem lançados entre o final de 2018 e início de 2019, parece que um outro projeto que estava engavetado passou a ter uma névoa pairando sobre seu destino. Até então confirmado para o Salão do Automóvel de Frankfurt, a Giulia Sportwagon corre o risco de subir ao telhado. Segundo Alfredo Altavilla, executivo da FCA, a perua derivada do sedã Giulia foi cancelada por se aproximar demais do Stelvio. Reid Bigland, chefe da Alfa Romeo, havia dito anteriormente que o modelo familiar seria apresentado neste ano. Embora detalhes sobre o projeto ainda sejam restritos, tudo indica que a perua manteria uma pegada esportiva do sedã. Será herdeira da finada 159 Sportwagon e terá missão de ampliar a participação da Alfa nos mais variados países da Europa. “Uma perua para o segmento D é praticamente imprescindível”, declarou um informante. Quando chegar ao mercado, o modelo terá como rivais Volkswagen Passat Variant, Ford Mondeo ST (carroceria perua do Fusion) e BMW Série 3 Touring. As versões mais simples do Giulia contam com motor 2.0 Turbo a gasolina, que é chamado GME (Global Medium Engine) e entrega 200cv, 250cv ou 280cv de potência, sendo todas as opções com transmissão automática de 8 velocidades. Com 200cv de potência, o torque é de 33,6kgfm. A tração AWD está disponível de série na versão que desenvolve 250cv e opcional na de 280cv. Já o diesel 2.2 JTDM oferece 150cv, 180cv ou 210cv de potência, sendo que apenas a última opção tem tração AWD. Nas demais, além da tração traseira, há opção de câmbio automático de 8 velocidades de série na versão que desenvolve 210cv de potência e manual com 6 marchas nas de 150cv e 180cv. Há ainda o motor 2.9 V6 biturbo de origem Ferrari de 510cv de potência, com números de aceleração de 0 a 100km/h em 3,9 segundos e velocidade máxima de 307km/h.


Nenhum comentário:

Postar um comentário