sexta-feira, fevereiro 24, 2017

Mais "deteriorado" que o Gol, Volkswagen Voyage clamava por novidades mais profundas há um ano


O Voyage é mais novo que o Gol. Lançado alguns meses da terceira geração do Gol em 2008, o sedã conta com nove anos de mercado mas a sua última mudança não trouxe um ar de novidade que o Gol trouxe. Pra falar a verdade, as linhas do Voyage parece que cansaram antes. Talvez seja pela metamorfose que os sedãs compactos passaram nos últimos anos. Até meados de 2012, os sedãs tinham um terceiro volume bem pronunciado mas o lançamento de Chevrolet Prisma e Hyundai HB20S mudaram por completo essa percepção em 2013. Tanto que o Fiat Grand Siena envelheceu em um ano de mercado. Os novos sedãs trouxeram um design bem mais moderno, o que fez que todos os sedãs lançados antes vivarem cansados demais aos olhos. No ano passado não foi diferente. Trazendo quase que as mesmas mudanças do Gol, o Voyage 2017 trouxe novos faróis, grade, para-choque dianteiro com nova entrada de ar maior, nova moldura dos faróis de neblina, novo para-lama dianteiro e novas rodas de liga leve/calotas. Uma pena que a traseira ainda continua sem sal, sendo que era o principal ponto crítico do design do sedã alemão. No interior, novidades não faltam. Porém ficam restritas apenas ao painel, totalmente redesenhado. Sai aquele ar empobrecido para um ar mais sofisticado, mas a Volkswagen não mexeu nos bancos nem no acabamento das portas, que ainda não colaboram com o painel. Na versão Trendline, ele é todo cinza escuro; na Comfortline é cinza claro em cima e escuro embaixo; e na Highline é escuro em cima e claro embaixo, incluindo a forração da cabine. O volante agora é o mesmo do Golf inclusive no Gol/Voyage de entrada (obviamente sem os comandos agregados), enquanto o inserto central pode ter acabamento imitando aço escovado e até azulado – caso da série especial Connect que será lançada para marcar o uso da nova central multimídia Discover Media. Já o quadro de instrumentos ganhou relógios maiores e com novo grafismo, novamente na linha do Golf. Mas o aspecto cansado ainda assim permaneceu. Mas não por muito tempo. O sedã ganhará sua terceira geração em 2017, que promete trazer um grande avanço.


Nenhum comentário:

Postar um comentário