Lamborghini Urus deve ser revelado na China, primeiramente, no Salão do Automóvel de Xangai


Depois de começar a produzir o Urus em Abril na Itália, a Lamborghini também confirmou que deve apresentá-lo no mesmo mês, durante o Salão do Automóvel de Xangai, na China. Quem confirma a informação é o site GTspirit.com. Apesar da première não ser confirmada pela Lamborghini, tudo leva a crer que pode ser possível, visto a potência estratégica do mercado chinês, o maior do mundo. Além disso, a China pode ver mais um conceito da Lamborghini no evento, não-visto desde 2012 com o Urus no Salão de Pequim. Ele deve começar a ser produzido na fábrica de Sant'Ágata, na Itália, em meados de Abril. Segundo o executivo, as operações na planta italiana serão tocadas em regime de pré-série e os primeiros exemplares a sair da linha de montagem serão, portanto, protótipos. A ideia é avaliar a qualidade da montagem e adequar o ritmo da fábrica ao novo volume de produção programado. Com a chegada do Urus, a Lamborghini pretende dobrar o número de vendas das atuais 3.500 para 7.000 unidades anuais. Recentemente também foi descoberto que terá um Urus híbrido foi dada pela revista Autocar por Maurizio Reggiani, chefe de pesquisa e desenvolvimento, que adiantou também o motor 4.0 V8 como parte integrante do conjunto.


Fonte: GTspirit

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Versão de maior sucesso do sedã francês da Citroën, C4 Lounge Live esgota em dois meses

Picape do Fiat Mobi inicia bateria de testes e deve ser lançada em meados de 2019

Citroën C5 AirCross é registrado no INPI e pode indicar importação do SUV para o Brasil

Mercedes-Benz Classe A Sedan estreia na China durante Salão de Pequim como "mini-C"

Reestilizado, Chevrolet Cruze já roda em testes no Brasil e deve ser lançado em 2019

Toyota confirma Corolla Hybrid e C-HR elétrico para 2019 na China, parte da sua estratégia

Face-lift de Renault Sandero e Logan é adiado para o primeiro semestre de 2019

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Mercedes-Benz começa a produzir o novo Classe A na fábrica de Rastatt, na Alemanha

Segundo jornal, Chery e CAOA podem desenvolver carro específico para Brasil