quarta-feira, fevereiro 15, 2017

Apostando em eficiência, McLaren quer que todos automóveis tenham motores híbridos até 2025


Assim como as demais marcas de superesportivos, a McLaren deve investir em automóveis híbridos. Segundo o CEO da empresa, Mike Flewitt, a expectativa da empresa é usar a tecnologia híbrida em todos seus automóveis em 2025. “É a única maneira de cumprir as difíceis futuras metas de emissões”, disse o executivo durante uma entrevista. “Eu realmente acredito que os elétricos é a direção da McLaren e, eventualmente, da indústria como um todo”, complementou Flewitt. Atualmente apenas o P1 foi o único automóvel híbrido da McLaren. O executivo ainda não descartou a possibilidade de reduzir a capacidade do atual 3.8 V8 biturbo que pode se tornar um V6. “Em poucos anos você verá uma mudança no equilíbrio de poder entre motor de combustão e os motores elétricos”, afirmou o executivo. A marca ainda confirmou uma parceria com a BMW, com quem deve desenvolver novos motores para seus futuros automóveis. A meta da McLaren é desenvolver um motor mais eficiente que os atuais, ou seja, espere por um substituto do atual 3.8 para os próximos anos. No entanto, o executivo já adiantou que não haverá motores BMW em um McLaren, e vice-versa. “Estes ainda usarão motores McLaren, desenvolvidos por nós”, finaliza.


Fonte: AutoExpress

Nenhum comentário:

Postar um comentário