Reestilizado, Ford EcoSport deve perder câmbio PowerShift no Brasil em favor de câmbio convencional


A gente já tem muitas notícias confirmadas pela Ford sobre o novo EcoSport. Também sabemos que o primeiro país a receber o modelo reestilizado será o Brasil, com novidades na mecânica que vai além do motor 1.5 12v Dragon. Chegando ao Brasil ainda no primeiro semestre, o nosso EcoSport não deve contar com câmbio automático PowerShift e sim um câmbio automático normal, com conversor de torque e 6 velocidades. Tanto com o motor 1.5 12v como para o 2.0 16v, ambos devem adotar um câmbio automático mais robusto e não tão avançado como o problemático PowerShift. Entre as novidades visuais do EcoSport estão os novos faróis, a grade que ficou maior e fica entre os faróis, assim como os faróis de neblina também são novos. O pisca sai dos faróis e vai para o mesmo conjunto dos faróis de neblina. A placa agora ocupa o espaço sob a grade, em uma grande barra entre ela e o que parece ser um “peito de aço” estilizado. Na traseira, o nosso EcoSport mantém o estepe na traseira e as lanternas que não mudaram de formato (se for verdade, sites dão como certeza que o nosso deve trazer novo layout das lanternas) ou farão o uso de LEDs. O puxador da tampa traseira continua disfarçado na lanterna direita. Mesmo com o "disfarce", a tampa do porta-malas ainda abre para a direita. No interior, tudo é novo: destaque para a nova central multimídia com Sync 3 com tela de 8″ “flutuante”, compatível com Apple CarPlay e Android Auto. As saídas de ar centrais agora ficam sob a tela e acima dos comandos do ar-condicionado. Antes, elas ficavam uma de cada lado dos comandos do Sync. O volante veio do Focus, com comandos do controlador de velocidade do lado esquerdo. O controle dos retrovisores saiu do puxador da maçaneta da porta do motorista e foi para o apoio de braço, pouco acima dos comandos dos vidros elétricos. No geral, as linhas estão mais retilíneas e elegantes, enquanto o acabamento parece bem mais esmerado. A Ford ainda deve lançar o novo EcoSport em conta-gotas. O primeiro será o motor 2.0 16v Flex, seguido do 1.5 12v Flex e por fim será lançado o AWD. Os preços devem ficar entre R$75.000 a R$100.000.


Fonte: CARPLACE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilizada, Chevrolet Spin é flagrada sem camuflagem, em cegonha, a caminho da Argentina

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Ford confirma lançamento do Ka em julho com preço inicial de R$45.490, R$710 mais caro

Nova geração do Fiat Ducato já é vendido com descontos que chegam a R$21.307

Volvo inicia pré-venda da nova geração da V60, em versão única, por R$199.950

Jeep confirma SUV de 7 lugares e um SUV abaixo do Renegade para a América Latina

Fora do Brasil desde 2014, Volkswagen apresenta nova geração do Bora na China

Honda revela nova geração do Brio em agosto, durante o Salão do Automóvel da Indonésia

Jeep Renegade ganha teaser e estreia motores 1.0 e 1.3 Turbo na Europa

Fiat "acorda pra vida" e deve ter três SUVs no mercado brasileiro até 2022, segundo plano