FCA pode reduzir a produção do Jeep Renegade e aumentar a produção do Jeep Compass em Goiana (PE)


A FCA planeja reduzir a produção do Jeep Renegade na fábrica de Goiana (PE) após o grande sucesso comercial que o irmão Jeep Compass se tornou. O ritmo de 390 unidades produzidas atualmente não será mantido e pode haver demissões em casos mais extremos. A unidade quer priorizar a produção do Jeep Compass, que conta com fila de espera de 90 dias em algumas versões. Canibalizado desde o início do lançamento do Compass, o Renegade nunca mais conseguiu emplacar mais de 5.000 unidades como vinha vendendo. O "fogo-amigo" dentro da própria Jeep acontece por que ambos te preços próximos e o Compass tem chamado mais a atenção por ter um preço menor e ser maior que o irmão mais velho. Além disso, a produção estimada da FCA é vender o Compass em quase todos os países da América Latina, sendo assim ele terá que ter sua produção aumentada (hoje, só o Brasil já causa filas de espera). De acordo com uma fonte anônima, a produção do Jeep Renegade na fábrica, que hoje é de mais de 390 veículos por mês, pode cair para 300 por mês. Além disso, cerca de mil funcionários da fábrica talvez sejam demitidos nos próximos dias ou realocados para atender a produção do Compass. A informação é do site Diário de Pernambuco.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilizada, Chevrolet Spin é flagrada sem camuflagem, em cegonha, a caminho da Argentina

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Ford confirma lançamento do Ka em julho com preço inicial de R$45.490, R$710 mais caro

Nova geração do Fiat Ducato já é vendido com descontos que chegam a R$21.307

Volvo inicia pré-venda da nova geração da V60, em versão única, por R$199.950

Jeep confirma SUV de 7 lugares e um SUV abaixo do Renegade para a América Latina

Fora do Brasil desde 2014, Volkswagen apresenta nova geração do Bora na China

Honda revela nova geração do Brio em agosto, durante o Salão do Automóvel da Indonésia

Jeep Renegade ganha teaser e estreia motores 1.0 e 1.3 Turbo na Europa

Fiat "acorda pra vida" e deve ter três SUVs no mercado brasileiro até 2022, segundo plano