quinta-feira, janeiro 12, 2017

Especial Lançamentos 2017 #16: o que esperar da JAC para o Brasil neste ano?


A JAC deve trazer poucas novidades para o Brasil em 2017. Trazendo seu possível "salvador da pátria", o T3 deve enfim ser lançado, enquanto o T6 deve passar por um discreto face-lift. O hatch já está pronto para ser lançado, mas como está amarrada nas cotas de importação, o lançamento deve ser atrasado. Mensalmente, a média é de 400 unidades mensais para a JAC, sendo que 80% dessas cotas são usadas por T5 e T6, os automóveis mais vendidos da marca. Como o T3 deverá ser um automóvel com volume de vendas maior, ele iria pagar maior imposto de importação e deixaria seu preços menos atraente. Já em testes no país desde o lançamento do T5 em Fevereiro, o T3 virá ao mercado com motor 1.5 16v JetFlex que desenvolve 127/125cv de potência e torque de 15,7/15,5kgfm, o mesmo do T5. O hatch será oferecido com opção de câmbio manual de 5 marchas ou automático CVT. Em fase final de testes no Brasil, a JAC foca no hatch aventureiro para o mercado brasileiro, que deve concorrer com Renault Sandero StepWay, Volkswagen CrossFox, Hyundai HB20X entre outros. Além disso, deve concorrer com Lifan X50, Chery Tiggo3X e Honda WR-V. Na China, o modelo surge nas versões Comfort, Luxe e Luxe Intelligent. Ele tem 4,13m de comprimento, 1,75m de largura, 1,56m de altura e 2,49m de entre-eixos. Preço deverá ficar na casa dos R$50.000 a R$55.000. Mesmo sem ter sido lançado no Brasil, na China ele passou por um discreto face-lift, que oferece nova grade dianteira, que substitui a estrela de cinco ponta pela nomenclatura "JAC". Além disso, a grade recebeu uma barra prateada que sustenta o logotipo novo, que pode marcar presença no modelo nacional. Já o T6 recebe nova grade dianteira em black piano, além de novos faróis de neblina com LEDs diurnos, formando um novo para-choque dianteiro. Um vinco que surge da ponta dos faróis marca a divisória entre grade e tomada inferior do para-choque, ambas alargadas. O SUV Médio da JAC enfim pode vir com opção de câmbio automático CVT, o mesmo usado no T5, mas que vem sendo trabalhado para o motor 2.0 e preços devem ficar entre R$80.000 a R$90.000. Ambos chegam no segundo semestre de 2017.




Nenhum comentário:

Postar um comentário