sábado, novembro 19, 2016

Peugeot apresenta conceitos de 208 Pyrit Concept e 2008 Kyanit Concept no Salão de São Paulo


A Peugeot está apresentando no Salão do Automóvel de São Paulo os conceitos 208 Pyrit Concept e 2008 Kyanit Concept. Ambos os modelos não devem entrar em produção, mas mostram o potencial do time latino americano para apresentar conceitos. O 208 Pyrit tem nome inspirado na pedra ‘pirita’, um mineral de ferro que mistura as cores amarelo e dourado e que tem cristais isométricos aparentes, geralmente como formas geométricas. Destaque para o uso de cristais Swarovski nos tapetes e a tradicional ruptura na pintura da carroceria. O projeto levou um ano para ficar pronto e segue a linha de inspiração baseada em minerais estreada no Peugeot Onyx. A grande diferença no desenho do 208 Pyrit para o modelo de produção está na parte exterior do hatch, marcada pela repartição inédita da cor cobre realizada por meio de adesivos (essa coloração foi especialmente criada pelo time do design da Peugeot AmLat para este carro) misturada com uma tinta microtexturizada preto fosco. As rodas Carbone de 17 polegadas do hatch de série recebem nova roupagem. As partes diamantadas ganharam verniz escuro enquanto as pintadas passaram por pintura microtexturizada preto fosco. Para garantir um efeito visual ainda mais forte, um dos raios da roda está revestido com acabamento cobre para um resultado esportivo com classe e exclusividade. Para diferenciar ainda mais esse carro-conceito, um conjunto de protótipos de faróis com pisca de LEDs e lanternas com design exclusivo também foi aplicado.


A ponteira de escapamento dupla mudou de visual e recebe um toque cobre por dentro para reforçar sua exclusividade. Com o mesmo intuito, a grade frontal foi revestida com detalhes cobre para mais esportividade. O acabamento dos bancos recebe confecção inédita inspirada nos Gran Turismo europeus de competição dos anos 1950, utilizando couro natural de alta qualidade preto, combinado com Alcantara preto bordado. O mesmo Alcantara foi usado no acabamento do teto e das colunas, assim como nos quebra-sóis e no revestimento do volante. Reforçando a customização inédita do 208 Pyrit, alguns acessórios exclusivos surgem para dar ainda mais sofisticação ao interior do carro, como cristais de cor amarelo-dourada da Maison Jean-Paul Gaultier pour Swarovski. O conceito conta com motor 1.6 THP Flex que desenvolve 173/165cv de potência com torque de 24,5kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas. Já o 2008 Kyanit Concept é inspirado no hedonismo coletivo, o conceito é focado no sentimento de estar em um veículo Premium, com acabamento elegante da cabine e exterior com tinta experimental inédita. O nome desse conceito foi escolhido com base no mineral ‘cianita’, uma pedra preciosa de cor azulada, e se diferencia pela mistura das tintas exclusivas Azul Kyanit e Cinza Irregular. O projeto levou um ano para ficar pronto e segue a linha de inspiração baseada em minerais estreada no Peugeot Onyx.


A transição entre as duas cores Azul Kyanit e Cinza Irregular acontece no nível das portas traseiras, suavizada pela colocação de um gráfico de transição em adesivo cromo escurecido, também irregular. O resultado é único e faz deste 2008 um crossover ainda mais exclusivo. O Cinza Irregular, tinta 100% experimental, cobre pela primeira vez, em antemão mundial, a carroceria de um automóvel. Para reforçar o caráter esportivo do modelo, um conjunto de rodas de 18 polegadas Lithium é especialmente montado, com acabamento preto acetinado e toque azul. O conjunto está equipado com pneus de alta performance, e os faróis e projetores foram prototipados exclusivamente para essa versão com máscaras negras e toque cristal. O capô é desenhado com entradas de ar estilizadas e expressivas diretamente inspiradas do conceito Quartz. A introdução de um aerokit composto de alargadores de para-lamas reforça a impressão de potência do carro. A principal modificação do interior do 2008 Kyanit é a redução de um lugar com a chegada de quatro bancos especiais. Com quatro assentos individuais, a extensão da console central para separar os bancos traseiros foi uma criação dos próprios designers da marca para tornar cada lugar individual. Os bancos do Kyanit também recebem acabamento feito a mão com couro natural de alta qualidade que vai do preto ao azul escuro. Os tapetes do 2008 também seguem o mesmo princípio de acabamento. O conjunto mecânico é o mesmo do hatch.


Fonte: PlanetCarsZ

Nenhum comentário:

Postar um comentário