quinta-feira, novembro 10, 2016

Hyundai apresenta o interessante conceito Creta Sport Truck Concept no Salão do Automóvel de São Paulo


A Hyundai surpreendeu a todos com a Creta Sport Truck Concept no Salão do Automóvel de São Paulo. A picape baseada no SUV Compacto é a grande atração da marca sul-coreana juntos aos modelos New Tucson, Elantra e Creta. A Hyundai não tinha revelado nada sobre a Creta STC antes e causou espanto a quem visitou seu estande. Além do espanto, mostra que a marca sul-coreana está de olho no segmento de picapes no Brasil e de olho no que a concorrência tem feito de sucesso. É um sucesso que a Fiat Toro alcançou e a Renault Oroch nem tanto, mas ainda assim é um mercado promissor. A Creta Sport Truck Concept é bem maior que o Creta. Ela conta com 4,65 metros de comprimento, 1,85 metro de largura e 2,80 metros de entre-eixos (bem maior que os 4,27 metros, 1,78 metro e 2,59 metros respectivamente do Creta), mas manteve a mesma altura de 1,63 metro. O que é curioso diante de seu vão-livre de 27 cm, contra 19 cm do modelo do qual deriva. Entre os destaques do conceito estão as rodas, de aro 21″, usam pneus Pirelli Scorpion Zero 295/40 R21.


A Hyundai não fala em motores ou transmissões, mas isso nem surpreende, visto que o modelo apresentado no Salão tem toda a pinta de mockup (modelo 1:1 usado só para mostrar o estilo do veículo). A caçamba, de todo modo, teve todas as suas medidas divulgadas. Tem 1,30m de comprimento, 1,29m de largura e uma altura de 51cm, que resultam em um volume de carga de 850 litros. Só faltou a capacidade de carga em quilogramas, mas, para um carro de construção monobloco, como a Creta STC, ela não deve ser nada extraordinário. A Hyundai disse que o modelo pode entrar em produção se o público mostrar interesse, o que parece bastante óbvio. Embora seja um protótipo, Pagliarini sugeriu que são grandes as chances de o modelo se tornar realidade. “Todos os carros-conceitos exibidos em grandes salões foram feitos para medir a aceitação do público. A partir daí é que decidimos se levamos o projeto adiante ou não. Um bom exemplo é o HB20 R-Spec, que surgiu como conceito no último Salão e acabou sendo produzido”, lembrou. O veículo foi projetado na Coreia do Sul à pedido da filial brasileira, e não encontrou resistência da matriz para ser aprovado, de acordo com a própria fabricante.



Nenhum comentário:

Postar um comentário