sexta-feira, julho 28, 2017

Buick apresenta Regal GS nos Estados Unidos, com motor 3.6 V6 que desenvolve 314cv de potência


Assim como o Opel Insignia GSi, a Buick está apresentando o Regal GS nos Estados Unidos. O modelo também chega com uma versão esportiva, com motor 3.6 V6 SIDI que desenvolve 314cv de potência e 38,9kgfm de torque, que conta com sistema de desligamento de cilindros e Start&Stop. O câmbio é automático de 9 velocidades junto a tração nas quatro rodas, com suspensão traseira tipo five link. Na mecânica, o GS ainda oferece ajuste mais firme, bem como freios Brembo e rodas esportivas aro 19 polegadas. Ha também um controle de amortecimento contínuo, que possibilita 500 ajustes por segundo, mantendo a estabilidade em diversas condições. No design, o Regal GS se destaca por oferecer faróis de LEDs e lanternas com detalhes exclusivos, além de vir equipado com escape duplo cromado e esportivo, bem como assentos esportivos bem envolventes, volante com fundo chato, pedais de alumínio, HUD e bancos AGR com ajustes elétricos, aquecimento, massageamento e ventilação. A multimídia tem tela de 8 polegadas e vem com Android Auto e Car Play, além de OnStar e 4G LTE/Wi-Fi. A Buick ainda oferece como opcional o pacote Drive Confidence II, que inclui frenagem automática de emergência, alerta de mudança de faixa com correção, alerta de colisão e controle de cruzeiro adaptativo, entre outros. Nos EUA seu preço é de US$39.990.



MINI confirma lançamento de Cooper elétrico em 2019, oferecendo boa economia a preço razoável


Depois de confirmar a produção de seus elétricos na fábrica de Oxford, no Reino Unido, a MINI revelou que o seu primeiro elétrico deve ser lançado em 2019. O desenvolvimento do modelo é tocado em ritmo acelerado e a marca também confirmou que caminha para sua eletrificação. Atualmente a MINI se encontra em modelos de nicho e vende o Cooper S E-Hybrid e o Countryman ALL4 E-Hybrid. Mas a ideia da marca é lançar um hatch de duas portas elétrico em 2019 e tudo indica que o modelo elétrico seja o Cooper. O modelo deve ser chamado de MINI E e chega com a missão de oferecer boa autonomia e preços razoáveis. Até 2025 a BMW espera que os veículos elétricos representem de 15% a 25% de suas vendas. A ideia é que cada modelo tenha pelo menos uma versão verde em oferta, seja ela híbrida ou totalmente elétrica. "A eletrificação é um dos pilares centrais da estratégia corporativa da BMW", disse um porta-voz.


SCG surge como marca e apresenta SCG003, bólido capaz de desenvolver 760cv de potência


Quem é ligado no mundo dos automóveis certamente deve conhecer o SCG003. Desenvolvido por James Clickenhaus, o bólido ficou conhecido por acelerar de 0 a 100km/h em apenas 2,9 segundos e atingir a velocidade máxima de 350km/h. A marca SCG finalmente ganhou o status de Low Volume Manufacturer pela NHTSA. Isso equivale a dizer que ela agora pode produzir até 325 carros por ano sem ter de se submeter às mesmas regras de homologação das grandes fabricantes. O coupé hiperesportivo conta com 4,81 metros de comprimento, 2,70 metros de entre-eixos, 1,99 metro de largura e 1,11 metro de altura e usa motor 4.4 V8 de origem BMW que desenvolve 760cv de potência e 81,6kgfm de torque, posicionado em posição central-traseira. Seu câmbio é um automatizado de dupla embreagem produzido pela CIMA, com paddle-shifts para trocas manuais. Construído com fibra de carbono, o modelo pesa 1.300kg em ordem de marcha e se destaca por ser oferecido com braços triangulares sobrepostos nas quatro rodas e freios carbocerâmicos feitos pela Brembo. Com produção em Nova York, ele deve ser vendido em três versões: a 003S (Stradele), a 003CS (Competizione Stradele) e a 003C (Competizione), todas com preço inicial de US$2 milhões. A meta é produzir 6 unidades a partir de 2018 e 10 unidades em 2019.



Mercedes-Benz apresenta AMG GT4, que é 240kg mais leve e conta com motor V8 de 517cv


A Mercedes-Benz apresentou o AMG GT4, que antecipa a abertura das 24h de Spa, corrida de alta-resistência que acontece no circuito mais famoso da Bélgica. A marca revelou as primeiras imagens do AMG GT4, que toma como base o AMG GT R. Além disso ele segue a linha de preparação dos irmãos SLS AMG GT3 e AMG GT3. O GT4 consumiu mais de 30 mil km em pistas de corrida, com a participação direta de pilotos profissionais. O GT4 é equipado com motor 4.0 V8 biturbo especialmente ajustado para o uso em pista, que desenvolve 517cv de potência com torque de 61,8kgfm. Toda a potência é enviada para o eixo traseiro e o câmbio é o sequencial de 6 velocidades. Segundo a Mercedes ele acelera de 0 a 100km/h em menos de 4 segundos e atinge a velocidade máxima de 250km/h, limitada eletronicamente. Vale destacar que menos potente que o GT R, o GT4 é 240kg mais leve e pesa 1.390kg. A redução de peso veio do corte do ar-condicionado, curiosamente, foi mantido como item opcional. O baixo peso vem também da estrutura da carroceria e do chassi confeccionada a partir de uma mistura de fibra de carbono e alumínio. As primeiras unidades serão entregues no fim do ano com preço de 198.850 euros.



Nova geração da Ford Focus Estate é flagrada em testes já com carroceria definitiva na Europa


O último integrante da família Focus foi flagrado rodando em testes na Europa. Trata-se da Focus Estate, a station do hatch médio que também deve ganhar uma nova geração. Chegando a sua quarta geração, a Focus foi flagrada rodando em testes pelo site Motor1 e deve se beneficiar da plataforma C, com entre-eixos na casa dos 2,70 metros de comprimento e mais larga que o modelo atual e ser até 50kg mais leve. No demais, a Focus Estate deve seguir o mesmo caminho do hatch e do sedã. No interior, destaque fica por conta da semelhança com o painel de lançamentos recentes, principalmente EcoSport e Fiesta. As saídas de ar, por exemplo, estão posicionadas basicamente na mesma altura, assim como a central multimídia que abriga o sistema de entretenimento SYNC 3. Entre outras tecnologias, haverá head-up display e sistemas de assistência à condução, como frenagem de emergência. No exterior, a grade trapezoidal ficará mais saliente, já os faróis estão mais alongados. Abaixo do conjunto óptico estão as luzes diurnas e faróis neblina integrados em forma de bumerangue, bem próximos as luzes principais. De perfil, a linha de cintura está mais alta e mais vincada que a atual.



Fotos: Motor1

Bateria em estado sólido estreia em elétrico da Toyota em 2022, com ganhos no tempo de recarga


Enquanto os elétricos atuais usam baterias de íons de lítio, a Toyota já desenvolve um novo tipo de bateria: a bateria em estado sólido. Considerado uma evolução entre as baterias vão permitir uma maior densidade energética e um tempo de recarga praticamente igual ao encher um tanque de combustível. Segundo o jornal japonês Chunichi Shimbun, a Toyota lançará um carro elétrico com baterias de estado sólido em 2022, tendo tempo de recarga completa em poucos minutos. A empresa já desenvolve a tecnologia, mas não deu maiores detalhes e sequer quis comentar o assunto. No momento a Toyota busca desenvolver um automóvel 100% elétrico, para atender a demanda da Europa e da China.


Fonte: Chunichi Shimbun/Reuters

Ford Bronco deve usar motor 2.7 V6 EcoBoost de 327cv de potência, mas patina no design final


Com foco para deter o Jeep Wrangler, a Ford desenvolve a volta do Bronco para os Estados Unidos. O jipão deve usar o mesmo chassi da nova Ranger e usará o motor 2.7 V6 EcoBoost de 325cv de potência. O câmbio pode ser o automático de 10 velocidades e deve formar família. O Bronco deve ser vendido nas carrocerias de duas e quatro portas e terá naturalmente tração nas quatro rodas, segundo informações de um suposto engenheiro da Ford envolvido no projeto. Além disso, o Ford Bronco 2020 irá usar e abusar de características off road, tais como pneus de uso misto, suspensão bem elevada, bons ângulos de entrada e saída, para-choques reforçados, para-barro, engates, suporte para guincho, entre outros. Itens como bloqueio eletrônico, modos de tração e proteções adicionais no fundo, deverão fazer parte do pacote de equipamentos do Bronco. O falta definir ainda é o design do modelo. O site Gear Patrol confirmou que a Ford já desenvolveu três modelos diferentes e que não sabe mais dizer em qual direção o Bronco deve seguir. Enquanto isso o projeto fica meio "estacionado".


Fonte: Gear Patrol
Projeção: Bronco6G.com

Audi lança promoção para A3 Sedan, A3 Sportback e Q3 até dia 31, com condições especiais de financiamento


A Audi está lançando uma promoção para A3 Sedan, A3 Sportback e Q3 no Brasil vendidos até o final deste mês de julho. O trio pode ser adquirido durante todo o mês de julho com financiamento em taxa zero, mediante entrada de 60% do valor do carro. No caso do sedã, por exemplo,  a versão Ambiente Plus com preço sugerido de R$116.990 está sendo ofertada com entrada de R$70.194, mais 18 parcelas mensais de R$2.693,63. No caso do A3 Sportback, o modelo é vendido por tabela de R$112.990, que pode ser adquirido por 60% de entrada e saldo em 18 meses sem juros. Por fim o Q3 pode ser adquirido na versão Ambiente Plus, vendida por R$148.990 sob as mesmas condições. Os financiamentos são feitos pela Audi Financial Services e operados pelo Banco Volkswagen. A promoção vale para todas as concessionárias do país até dia 31 de julho.


quinta-feira, julho 27, 2017

Toyota deve trazer Yaris e Vios a partir de abril de 2018, quando o Corolla PcD deve sair de linha


Não é de hoje que a Toyota namora a vinda do Yaris e do Vios para o mercado brasileiro. O site AUTOO revelou que a Toyota deve deixar de produzir o Corolla PcD a partir de abril de 2018, abrindo espaço para a nova família de compactos no mercado, que devem se posicionar entre o Etios Hatch/Etios Sedan e o Corolla. Os modelos chegam ao nosso mercado já com plataforma TNGA em nova geração, testada e alguns países asiáticos. Algumas concessionárias Toyota revelaram que a marca já confirmou aos mesmos que não deve vender mais essa versão a partir deste período. O Corolla também deve deixar de ser vendido com motor 1.8 16v Flex e todas as versões serão 2.0 16v Flex. Isso porque esse motor será usado pelas versões mais caras do Yaris/Vios. Dentro da Toyota, segundo o site Auto Segredos, eles são chamados de projeto 230B (Vios) e 231B (Yaris) e serão feitos em Indaiatuba (a produção pode ser dividida entre Indaiatuba e Sorocaba. O hatch pode ser feita em uma e o sedã, em outra), atual planta apenas para o Corolla. Ela será atualizada para trabalhar com a TNGA. Na mecânica, os modelos serão vendidos com motor 1.5 16v Flex usados pelo Etios e o 1.8 16v Flex usado até então pelo Corolla. Os motores são produzidos na fábrica de Porto Feliz (SP), com comando duplo de válvulas variável. Entre as opções de câmbio estarão o câmbio manual de 5 marchas ou automático CVT ou de 6 velocidades.



Fonte: AUTOO

Citroën C4 Cactus deve ter opção de motor 1.6 FlexStart e 1.6 THP Flex e chega até início de 2018


Previsto para ser lançado entre o final de 2017 e início de 2018 no Brasil, o Citroën C4 Cactus deve chegar ao mercado brasileiro portando as mesmas mudanças do modelo europeu: nada de airbumps e algumas mudanças na carroceria. Pelo menos na Europa o item deve ser vendido como opcional. Aqui não terá essa opção. Com produção em Porto Real (RJ), o SUV francês chega com design repaginado, revela o site Autos Segredos. O Cactus deve ficar mais próximo do C3 e C3 AirCross, trazendo o design mais atualizado da marca. O interior deve ser bem diferente do modelo europeu. Os painéis da porta devem passar por simplificação e  quadro de instrumentos e o painel serão mais convencionais, ganhando até mesmo uma central multimídia destacada no painel. O nosso C4 Cactus deve ter bancos dianteiros individuais (o europeu tem uma peça inteiriça) e os vidros das portas traseiras devem abrir, ao contrário do modelo europeu que é basculante. Na mecânica, espere pelos motores 1.6 16v FlexStart e 1.6 THP Flex. O aspirado deve ser vendido com opção de câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 velocidades. Já o motor turbo conseguiu ter o 1.6 THP automático encaixado em seu cofre e será equipado apenas com câmbio automático (coisa que o primo Peugeot 2008 não conseguiu). O motor 1.6 FlexStart desenvolve 118/115cv de potência e 16,1kgfm de torque e o 1.6 THP Flex desenvolve 173/166cv de potência com torque de 24,5kgfm. A plataforma deve ser a mesma EMP2 do modelo europeu e não deve ter alterações nas dimensões.


Fonte: Autos Segredos