terça-feira, março 28, 2017

Nova geração do Volkswagen Polo é antecipado por nova projeção de site indiano e chega no Salão de Frankfurt


O site IndianAutoBlog apresentou uma nova projeção da sexta geração do Polo. Dessa vez, o site fez uma projeção da traseira do hatch. A projeção foi feita pelo indiano Shoeb Kalania, sobre o inédito design da traseira; O design lembra bastante o modelo atual, com linhas retas e quadradas. Os recortes das lanternas serão mais definidos e a iluminação interna deve ser diferenciada, usando bastante os LEDs. A tampa do porta-malas também ganhou vincos mais retilíneos, em sintonia com a nova identidade visual da VW. A dianteira será marcada pelos faróis mais espichados e com máscara negra, formando conjunto com a nova grade com dois filetes em alumínio, além de para-choque com tomadas de ar horizontais e luzes de neblina retangulares. O conjunto lembra levemente o topo de linha Passat. As nas laterais, o desenho das janelas é praticamente o mesmo, enquanto as portas têm formas mais limpas, com um vinco cortando as maçanetas. Já na traseira, a VW aposta em um formato mais limpo, com destaque para as lanternas que invadem parte da tampa do porta-malas. Imagens do interior não foram divulgados, mas o carro deverá trazer elementos inspirados no Golf. E o segredo acabou graças à rapidez de Kaveshan Palavar, um leitor do site Cars.co.za, da África do Sul, onde o carro também será fabricado.


Projeção: IndianAutoBlog

Fiat Mobi Dualogic Plus deve ser lançado em Abril, como forma de combater novidade dos rivais


A Fiat deve lançar em Abril a opção de câmbio automatizado Dualogic Plus para o Mobi no Brasil. O hatch popular deve trazer a opção de câmbio apenas na versão Drive, equipada com motor 1.0 6v FireFly, de 3 cilindros. O hatch popular com essa opção de câmbio foi confirmado no Salão do Automóvel de São Paulo. Ele deve trazer o mesmo câmbio automatizado usado pelo Uno, através de botões. A previsão é que seu lançamento ocorra dentro de três meses, ou seja, até Fevereiro de 2017. Os preços devem ficar entre R$43.000 a R$45.000 e deve trazer motor motor 1.0 6v FireFly Flex desenvolve 77/72cv de potência mas agrada mais pelo torque de 10,9/10,4kgfm. Ele também está equipado com o sistema HCSS, que elimina o tanquinho extra para partidas a frio. Além do motor tricilíndrico, o Mobi Drive traz direção elétrica com modo City, que deixa o peso leve para manobras e baixas velocidades, e tela no painel de instrumentos em TFT, como no Uno. Segundo a Fiat, o subcompacto assume a posição de 1.0 mais econômico do país, com 13,6km/l na cidade e 15,8km/l na estrada, com gasolina, e 9,3km/l e 10,9km/l respectivamente com etanol. Como equipamentos de série, o Fiat Mobi Drive tem direção elétrica, tela de LCD de alta resolução junto ao quadro de instrumentos, ar-condicionado, chave canivete com telecomando, vidros elétricos nas portas dianteiras e trava elétrica nas quatro portas com função one touch e antiesmagamento, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas, volante com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, cargo box, lane change, ESS, sinalização de frenagem de emergência, e pneus “superverde” com alta durabilidade e maior aderência. Possivelmente o lançamento da opção de câmbio ocorre junto a linha 2018, que deve matar todas as versões On.


Suzuki convoca recall que envolve 4.741 unidades do Grand Vitara com falha no eixo da mudança de marcha


A Suzuki está convocando um recall que envolve 4.741 unidades do Grand Vitara no mercado brasileiro. As unidades afetadas foram todos exemplares produzidos entre Junho de 2008 a Junho de 2013, todos importados do Japão. Segundo a marca, os modelos afetados pelo recall devem voltar a uma concessionária mais próxima para reparar uma falha identificada no eixo de mudança de marchas nas versões equipadas com câmbio manual. De acordo com o divulgado da fabricante, "foi constatada uma 'não conformidade' na fabricação das unidades do Grand Vitara, que pode ocasionar quebra do eixo de mudança de marcha durante o uso. Este defeito poderá ocasionar a perda de capacidade de mudança de marchas, com risco de acidentes e danos aos ocupantes do veículo e/ou terceiros". Segundo a Suzuki do Brasil, o reparo deve começar a partir de 3 de Abril. A marca japonesa confirmou que o reparo consiste na substituição do eixo e tem espaço estimado de três horas, dependendo do movimento da concessionária. Para maiores informações, a marca disponibiliza o SAC 0800 (0800 770 3380) de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h e o site (www.suzukiveiculos.com.br). Confira abaixo o final dos chassis, que não tem chassis sequenciais.


Final dos Chassis

  • Suzuki Grand Vitara manual 2008 a 2013 - 00001 a 11847

IBAMA diz que Volkswagen deve pagar pelo caso Dieselgate com motor 2.0 TDi da Amarok no Brasil


Enquanto nos EUA e na Europa a Volkswagen é culpada no caso do Dieselgate, ao usar dispositivos que manipulavam o índice de CO2. No Brasil, o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) disse que a Volkswagen usou o dispositivo no último dia 21. A decisão, apenas administrativa, foi proferida em primeira instância e permite que a Volkswagen do Brasil tenha uma chance de defesa. O IBAMA quer punir a marca alemã com R$238 milhões, mas o limite máximo que a multa poderia ser aplicada, de acordo com a legislação, é de R$50 milhões. Produzida na Argentina, os motores 2.0 TDI EA189 da Amarok atingiram 17.057 unidades no Brasil e afirmou que os demais automóveis movidos a gasolina ou com motor flexível não apresentam o software. Segundo a Volkswagen, os proprietários das unidades afetadas deve receber uma carta avisando sobre o recall, que chegou a casa dos consumidores no primeiro trimestre de 2016, onde mais detalhes serão revelados. As unidades que estão com o software são do ano/modelo 2011 e parcial do ano/modelo 2012. O IBAMA ainda contesta que a desde 2010 a 2012, foram produzidas 33.437 unidades da Amarok e 96.901 unidades até o final de 2016. Segundo relatório da CETESB (Companhia Ambiental do estado de São Paulo), a Amarok emite 1,1g/km de óxidos de nitrogênio, mas que em testes de homologação a picape apresentava apenas 0,26g/km, graças ao uso do software.


Novo Citroën C3 AirCross deve se tornar um SUV Compacto de entrada da marca francesa


Enquanto a nova geração do Citroën C3 foi revelada em 2016, a marca francesa antecipou o novo AirCross com o conceito C-AirCross Concept. Versão aventureira do C3 Picasso, a AirCross deve se tornar um SUV Compacto. Provavelmente chamado de C3 AirCross na Europa. Ficando abaixo do C4 Cactus, o modelo deve manter as mesmas dimensões do conceito. São 4,15 metros de comprimento, 2,54 metros de entre-eixos, 1,74 metro de largura e 1,63 metro de altura os deixam menor que o nosso AirCross com 4,28 metros de comprimento. Usando a mesma plataforma PF1, ela deve ser rebatizada de Plataforma A. A modular CMP (Common Modular Platform), desenvolvida em parceria com a chinesa Dongfeng, ainda não chegou a nenhum modelo de produção, mas deve estrear no novo hatchback desenvolvido para a América do Sul, conhecido apenas pelo seu nome de projeto, P21, como revelado pelo pessoal do site Autos Segredos em janeiro deste ano, que será lançado entre 2018 a 2019 no Brasil. Por usar a mesma plataforma PF1, aumenta as chances dele também ser vendido no Brasil e nos demais países da América do Sul. O conceito apresenta um estilo mais voltado para o fora de estrada, tendo a carroceria alta com colunas C bem reforçadas. A frente vem com luzes de LED onde deverão ser os repetidores de direção caso venha a ser produzido. Mais abaixo, o para-choque abriga duas molduras que dão lugar ao conjunto ótico principal em uma produção final.


Nova geração da Audi A6 Avant e A6 Allroad deve ser baseado no Prolongue Concept e ganha projeção


A nova geração da família A6 deve começar a ser revelada ainda em 2017, começando pelo sedã no segundo semestre de 2017. Usando a plataforma MLB EVO, as novas gerações de A6 e A6 Avant devem se basear nos conceitos Prolongue Concept. A nova geração da station, vendida nas versões convencionais e na aventureira Allroad foram projetadas pelo site BR.Motor1 com base no conceito. Com a nova plataforma, a station deve perder significativamente o peso. O design deve se manter clássico e sem linhas ousadas. No caso da aventureira Allroad, as novidades ficam por conta da suspensão mais alta, ela tem elementos estéticos mais rústicos, como as proteções plásticas nos para-lamas, e a tração deve ser Quattro, nas quatro rodas. O novo A6 deve trazer uma linha que fica acima da linha de cintura o diferenciará dos outros dois modelos. O modelo atual tem um friso abaixo das portas. O interior também deve passar por um banho de loja. Ele deve trazer a segunda geração do Virtual Cockpit da Audi, que estreia este ano no A8 e em seguida chega ao A6. Também não seria surpresa se o conjunto de instrumentos 100% digital se tornasse item de série. A principal característica do A6 serão as colunas C bem inclinadas, assim como na perua Avant. Grade hexagonal bem afilada e faróis angulares de LED chamarão a atenção. Com entre-eixos maior, o A6 deve ter um porta-malas muito próximo de 530 litros no sedã e cerca de 565 litros na Avant. Para perder peso, a carroceria deve ter aços de ultra resistência, alumínio e plásticos com fibra de carbono. Ele deve ser vendido com o motor 3.0 V6 e o 4.0 V8 TFSI, além dos motores TDi a diesel, aliado com um motor elétrico. Uma versão híbrida do tipo plug-in também é esperada, com motores a gasolina ou diesel.


Projeções: BR.Motor1

Skoda prepara SUV coupé e deve apresentá-lo no Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha


Após a Seat revelar um teaser do seu novo utilitário esportivo, chega a vez da Skoda novamente merecer destaque entre as novidades no mundo SUV. A marca da República Tcheca revelou uma imagem de um utilitário esportivo com carroceria coupé, que será lançado em breve. A imagem não revela muito e a empresa diz que o projeto chega com foco na esportividade, bem diferente da proposta do Kodiaq, que tem sete lugares e do Novo Yeti. Este será o quarto da marca tcheca, que ainda terá um compacto feito sobre a plataforma MQB-A0. Pelo estilo proposto na imagem, o crossover será mais agressivo em suas linhas, possivelmente inspiradas nos conceitos Vision. Sua apresentação deve acontecer no Salão do Automóvel de Frankfurt, possivelmente como conceito e sobre o nome Kodiaq Coupé, como mostra a imagem abaixo.


Audi confirma novos RSQ7 e RSQ8 até meados de 2020 como forma de expandir linha RS aos SUVs


A Audi está preparando as versões esportivas de Q7 e Q8, que serão conhecidos como RSQ7 e RSQ8. Os modelos devem chegar nos próximos anos, já que o CEO da Audi, Stephen Winkelmann, disse durante uma entrevista para a imprensa internacional que a linha RS carece de uma extensa gama de SUVs. Atualemente, o único SUV que está na linha RS é o Q3. O RS Q5 já está em desenvolvimento e, de acordo com os relatórios mais recentes da marca, existem dois candidatos para serem lançados: RS Q7 e o RS Q8 (sendo que o segundo ainda não foi lançado, mas chegaria ao mercado com uma variante de alto desempenho). A versão também deve ser lançada entre 2019 e 2020 apenas e terá motor a gasolina com injeção direta de combustível que deve ter motor 4.0 V8 TwinTurbo que desenvolve atualmente 613cv de potência com torque de 71,3kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 velocidades e tração integral com diferencial de deslizamento limitado Torsen. Com esse conjunto, seu desempenho deve ser bastante animador. Ele terá potência de acelerar de 0 a 100km/h em menos de 5 segundos com velocidade máxima próximo dos 300km/h. Isso o deixaria em pé de igualdade com o BMW X6M com seu 4.4 V8 Turbo de 574cv e 76,4kgfm e o Mercedes-Benz GLE 63 S AMG Coupé com seus 4.0 V8 de 556cv de potência e 71,3kgfm, com aceleração de 0 a 100km/h em 4,2 e 4,3 segundos respectivamente.


Nova geração dos compactos da Mercedes-Benz será feito também na Finlândia, a partir de 2018


A família de compactos da Mercedes-Benz, composta atualmente por Classe A, CLA, CLA Shooting Brake e GLA deve mudar de unidade fabril nas suas novas gerações. Além das fábricas de Kecskemet, na Hungria e de Rastatt na Alemanha, Pequim, na China, os novos automóveis também serão produzidos em Uusikaupunki, na Finlândia. A fábrica finlandesa é da empresa local Valmet Automotive, que tem acordo coma  MB desde 2013 e já é responsável pela montagem da atual geração do Classe A. “Com a ordem de seguimento para a Valmet Automotive, utilizaremos volumes de produção adicionais para os nossos novos veículos compactos. Trabalhar em cooperação com esses parceiros é um pilar estratégico importante na nossa rede de produção flexível e eficiente”, disse o membro do Board Mercedes-Benz Automóveis, Produção e Logística, Markus Schäfer. A nova geração dos compactos da Mercedes-Benz além de Classe A, CLA, CLA Shooting Brake e GLA deve crescer com a chegada do Classe A Sedan, GLB, SLA e um possível elétrico com arquitetura modular e com codinome EQA.



McLaren deve trazer nova linha de acessórios para 540C, 570S e 570GT preparados pela MSO


A McLaren anunciou nessa semana o lançamento de uma linha de acessórios para os seus bólidos da linha Sports Series. Desenvolvido pela MSO (McLaren Special Operations), a gama inclui itens aerodinâmicos, novidades no acabamento e até proteção para os superesportivos 540C, 570S e 570GT. Na linha de acessórios, destaque para um conjunto de componentes de fibra de carbono, como o divisor frontal, saias laterais, detalhes no para-choque traseiro, difusor, aerofólio traseiro, entradas de ar laterais e capa dos retrovisores. Há também uma proteção inferior no para-choque, para proteger o veículo de raspagens durante a condução, e capa de proteção para a carroceria. Além disso eles podem receber novas rodas de liga-leve com acabamento prateado ou diamantado e pinças de freio em cores contrastantes. O interior conta com cintos de segurança coloridos e novos componentes em fibra de carbono, como é o caso do volante e detalhes de acabamento no painel. Os preços não foram revelados.