Audi planeja vender 800 mil elétricos até 2025 e deve investir 40 bilhões para isso


A Audi confirmou que até meados de 2025 pretende vender cerca de 800 mil unidades de carros elétricos e híbridos plug-in. A notícia foi revelada durante o encontro de acionistas da empresa, que revelou ainda as estratégias para viabilizar as vendas futuras, que incluem investimentos em segurança. Para crescer com os elétricos, a Audi acredita que precisa ter no mínimo, um carro em cada segmento. Até lá, a Audi acredita que os consumidores estarão mais pré-dispostos para comprar um carro elétrico e com os elétricos já vendendo mais que os híbridos. Até 2025, a Audi deve buscar novas fontes de receita, melhorar as estruturas de custos e acelerar a transformação corporativa em relação a novos modelos de negócios. No total, devem ser investidos um total de 40 bilhões de euros até 2025, tanto em mobilidade, direção autônoma e digitalização, são algumas das áreas que devem receber os incentivos, além da digitalização da produção. “Nosso objetivo é revolucionar a mobilidade. Também em mobilidade elétrica, queremos nos tornar o número um entre os fabricantes premium” diz Rupert Stadler, presidente do conselho de administração da Audi AG. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Mercedes-Benz Classe G estreia no Brasil com preço de R$1.049.900

Mercedes-Benz revela o AMG GT4 43 AMG, versão de entrada do sedã, com 367cv

Land Rover confirma picape de cabine dupla com base no novo Defender para 2020

Ford Ka Sedan indiano deve ganhar motor elétrico que desenvolve 41cv em 2019

Mitsubishi apresenta teaser do face-lift da L200 Triton, que estreia ainda em 2018

Ferrari confirma SUV com nome de Purosangue, que deve ser lançado até 2022

Nissan apresenta a Frontier Dark Sky Concept, para o Salão de Paris, em parceria com a ESA

Kia apresenta a nova geração do Cerato Hatch na Coreia, que se torna Cerato GT

CAuto #84: Audi inova em quase todos os sentidos, mas esquece de um nome para o e-tron

Volkswagen revela plataforma modular elétrica MEB na Europa, que estreia em 2019