Audi deve lançar novas gerações de A6, A7 Sportback e A8 L no Salão de São Paulo


O estande da Audi no Salão do Automóvel de São Paulo deste ano deve ser bem movimentado. A marca confirmou que o estande deve ter as novas gerações de A6, A7 Sportback e A8 L e ao que tudo indica, ambos devem ser lançados juntos. As vendas começam apenas no primeiro trimestre de 2019, mas as novas gerações devem ser oferecidas em regime de pré-venda. O novo A7 traz um design bem mais moderno e mantém parte das linhas da carroceria, digno de uma carroceria evolucionista, como era de se esperar. Inspirado no Prolongue Concept, o novo A7 se destaca pela sua carroceria com grade hexagonal com elementos cromados, além de afarpois Metrix LED HD com laser, além de vir com laterais mais marcantes e com mais vincos. O caimento do teto segue como o da primeira geração e conta com rodas de liga leve de até 21 polegadas. Na traseira, o destaque fica por conta das lanternas interligadas e com 13 faixas de LED. O interior, o A7 Sportback segue praticamente o mesmo padrão do novo A8, apostando em novos recursos e bons materiais de acabamento por todos os lados, incluindo bancos em couro Valcona. O sedã conta com duas telas touch screen, de 10,1" e 8,6", além do painel Audi Virtual Cockpit totalmente digital, head-up display, sistema de som Bang & Olufsen, com iluminação ambiente. Entre as opções de motor, o A7 Sportback deve contar com motor 3.0 V6 TFSI que desenvolve 340cv de potência e 51kgfm de torque acoplado ao câmbio automático S-TRONIC de 7 velocidades de dupla embreagem e tração quattro. Com esse conjunto ele acelera de 0 a 100km/h em 5,3 segundos e chega a velocidade máxima de 250km/h. Aqui os preços devem ficar na casa dos R$450.000. Já a quarta geração do A8 no mercado brasileiro deve ser vendido apenas na carroceria L, com entre-eixos alongado. O A8L deve ser vendido com motor 4.0 V8 TFSI de início. O A8L é 13 centímetros mais comprido no entre-eixos e ganha 2 centímetros na altura, que ficam com 5,30 metros, 3,13 metros e 1,49 metro respectivamente. No design, destaque para as linhas sóbrias antecipadas pelo conceito Prolongue Concept. 


O novo A8 conta com faróis HD Matrix LED, que são ativados automaticamente sempre que o carro supera os 70km/h e tem capacidade de dobrar o alcance dos feixes de luz na comparação com a tecnologia usada anteriormente. Cada farol conta com 138 LEDs e um diodo de laser de alta performane e são vendidos como opcional em todo A8. Todo o sistema de iluminação, que inclui as lanternas traseiras de OLED, com 135 LEDs em cada peça, é responsável pelo preço, em média, de 10 mil euros, dependendo da configuração. Aqui o motor 4.0 V8 TFSI chega como opção única, desenvolvendo 466cv de potência e 67,3kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 velocidades. Os preços devem ficar em torno dos R$600.000. Uma versão S8 também é esperada no Brasil, mas essa só chega aqui em 2019. Já o novo A6, que traz soluções interessantes de A7 e A8, ao mesmo tempo que se prepara para recuperar o terreno perdido para BMW Série 5, Mercedes-Benz Classe E, Volvo S90 e Jaguar XF. A nova se torna um micro-híbrido com sistema elétrico de 48 volts de fábrica. O estilo no geral segue a linhagem anterior, mas como já comentado anteriormente, foca mais no conjunto ótico full LED com LEDs 3D, além de grade larga e para-choque com novos vincos laterais. Na traseira chama atenção as novas lanternas em LED. No mais, ele é tipicamente um A6, sempre ganhando uma geração evolutiva. Na carroceria, o novo A6 traz partes em alumínio, que inclui capô, portas, tampa do porta-malas, suspensão dianteira e para-lamas. O A6 Sedan ainda possui teto solar panorâmico amplo, além de opção de para-brisa aquecido e um sistema de controle de qualidade do ar. Segundo a Audi, a nova geração foi melhorada e agora é de 0,24Cx. No interior, o sedã ganha um banho de loja. Ele traz o Audi Virtual Cockpit de 12,3 polegadas e diversos temas para a instrumentação, o modelo traz o sistema MMI completamente renovado e tela de alta resolução de 10,1 polegadas. Grande, o novo A6 possui 4,94 metros de comprimento e um porta-malas de 530 litros. As rodas podem ser até de 21 polegadas. O sedã possui suspensão pneumática adaptativa e outros recursos, mas na parte mecânica, o Audi A6 Sedan terá motor 3.0 V6 TFSI que desenvolve 345cv e 50,6kgfm, acoplado ao câmbio automático de 7 velocidades de dupla embreagem S-TRONIC e tração quattro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Mercedes-Benz Classe G estreia no Brasil com preço de R$1.049.900

Mercedes-Benz revela o AMG GT4 43 AMG, versão de entrada do sedã, com 367cv

Land Rover confirma picape de cabine dupla com base no novo Defender para 2020

Ford Ka Sedan indiano deve ganhar motor elétrico que desenvolve 41cv em 2019

Mitsubishi apresenta teaser do face-lift da L200 Triton, que estreia ainda em 2018

Ferrari confirma SUV com nome de Purosangue, que deve ser lançado até 2022

Nissan apresenta a Frontier Dark Sky Concept, para o Salão de Paris, em parceria com a ESA

Kia apresenta a nova geração do Cerato Hatch na Coreia, que se torna Cerato GT

CAuto #84: Audi inova em quase todos os sentidos, mas esquece de um nome para o e-tron

Volkswagen revela plataforma modular elétrica MEB na Europa, que estreia em 2019