Chery Celer não é produzido desde início do mês e deve ser retrabalhado pela CAOA


Desde o início deste mês de maio, a fábrica de Jacareí, no interior de São Paulo, não produz mais os modelos Celer Hatch e Celer Sedan, da Chery. Com a alta dos estoques dos compactos, a Chery-CAOA decidiu interromper a produção por tempo limitado. Atualmente produzindo QQ e Tiggo2, a fábrica possui um bom estoque de Celer e Celer Sedan, que podem receber um maior cuidado por parte da Chery nos próximos meses. A CAOA deve retrabalhar o Celer, fazendo com que ele se adapta ao gosto do consumidor brasileiro. Isso deve demorar cerca de 10 meses. Essas adaptações devem fazer com que o Celer ganhe um fôlego no mercado e tudo indica que a dupla possa ganhar um interior mais moderno e, quem sabe, ganhar opção de câmbio automático. Atualmente na faixa de preço do Celer, itens como central multimídia e mais itens de segurança seriam bastante interessantes, além de um painel que fique mais próximo ao do Tiggo2, do qual deriva. As novidades devem ser reveladas no primeiro semestre de 2019.


Fonte: Jornal do Carro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilizada, Chevrolet Spin é flagrada sem camuflagem, em cegonha, a caminho da Argentina

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Ford confirma lançamento do Ka em julho com preço inicial de R$45.490, R$710 mais caro

Nova geração do Fiat Ducato já é vendido com descontos que chegam a R$21.307

Volvo inicia pré-venda da nova geração da V60, em versão única, por R$199.950

Jeep confirma SUV de 7 lugares e um SUV abaixo do Renegade para a América Latina

Fora do Brasil desde 2014, Volkswagen apresenta nova geração do Bora na China

Honda revela nova geração do Brio em agosto, durante o Salão do Automóvel da Indonésia

Jeep Renegade ganha teaser e estreia motores 1.0 e 1.3 Turbo na Europa

Fiat "acorda pra vida" e deve ter três SUVs no mercado brasileiro até 2022, segundo plano