CAOA tenta manter contrato com a Hyundai por mais dez anos. Sul-coreana quer assumir importação


Quando surgiu os rumores da separação da Hyundai e da CAOA, muita especulação cercou a relação das duas empresas. Muitos diziam que a Hyundai queria tomar conta da operação brasileira depois da CAOA confirmar a operação da Chery no Brasil. Porém, o prazo de 10 anos estabelecido em 2008, se esgotou. Em Anápolis (GO), a fábrica da CAOA produz os modelos Tucson, ix35 e HR. A renovação poderia ser estendida por mais 10 anos, mas a própria Hyundai comunicou que pretende assumir a importação dos modelos que eram trabalhados pela CAOA. Caso ambas as partes decidirem por uma renovação automática de 10 anos, a CAOA deve manter a operação por mais uma década, mas a Hyundai já deixou bem claro que pretende assumir a importação dos modelos. Além disso, ninguém sabe o futuro de Tucson, ix35 e HR no mercado brasileiro. Caso o contrato termine, a solução é importar o Tucson, tirar o ix35 de linha e produzir o HR no Uruguai, ao lado do irmão Kia Bongo. Além disso, a Hyundai deve importar Azera, SantaFe e Elantra. A Hyundai Brasil ainda tinha mostrado interesse na volta do Sonata ao mercado, enquanto o i30 pode chegar ao país em sua terceira geração. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Mercedes-Benz Classe G estreia no Brasil com preço de R$1.049.900

Mercedes-Benz revela o AMG GT4 43 AMG, versão de entrada do sedã, com 367cv

Land Rover confirma picape de cabine dupla com base no novo Defender para 2020

Ford Ka Sedan indiano deve ganhar motor elétrico que desenvolve 41cv em 2019

Mitsubishi apresenta teaser do face-lift da L200 Triton, que estreia ainda em 2018

Ferrari confirma SUV com nome de Purosangue, que deve ser lançado até 2022

Nissan apresenta a Frontier Dark Sky Concept, para o Salão de Paris, em parceria com a ESA

Kia apresenta a nova geração do Cerato Hatch na Coreia, que se torna Cerato GT

CAuto #84: Audi inova em quase todos os sentidos, mas esquece de um nome para o e-tron

Volkswagen revela plataforma modular elétrica MEB na Europa, que estreia em 2019