SUV da Lotus terá plataforma SPA da Volvo, com motor 2.0 e-Drive de até 408cv de potência


A Lotus parece que confirmou qual deve ser a base do seu primeiro utilitário esportivo. Previsto para ser lançado em meados de 2019 e 2020, o SUV deve usar a mesma plataforma dos modelos da Geely, Lynk&Co e Volvo. A plataforma escolhida foi a SPA, usada atualmente por Volvo XC60 e XC90 e que em breve deve ter usada por Geely e Lynk&Co. A informação foi revelada por Jean Marc Gales, CEO da Lotus. O SUV da marca britânica deve ter cerca de 4,70 metros de comprimento, onde a equipe de engenharia da Lotus faria um ajuste específico e adaptaria a base nos moldes da marca britânica. A oferta mecânica será limitada a motores de quatro cilindros em linha, o que tudo indica que a Lotus deve usar o motor 2.0 e-Drive Turbo, que desenvolve até 408cv com o conjunto híbrido e 320cv com gasolina. Enquanto o trabalho técnico já tenha começado, o projeto final ainda não está terminado e se espera que tudo se conclua nos próximos dois meses. Além disso, os registros de patente presentes aqui no post não são do modelo finalizado. Eles devem antecipar as linha do SUV, mas não serão fielmente iguais.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Volkswagen estuda expandir fábrica de São Bernardo do Campo (SP), que produz Polo e Virtus

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Ford Ranger Raptor custa 25% a mais que versão Wildtrak, antiga opção topo de linha

SWM apresenta o seu primeiro SUV, o GoOne, e é apresentado no estádio do Inter de Milão

Hyundai desenvolve a linha N-Line, que estreia primeiro no i30, como opção abaixo da N-Spec

Atual Suzuki Jimny sai de linha no exterior mas se mantém no Brasil por mais um tempo

Jeep descarta desenvolvimento de crossovers e reafirma suas capacidades para offroad

Jaguar diz que um futuro J-Pace é possível e dá a entender que SUV já está em desenvolvimento