Volkswagen revela terceira geração do Touareg, que é apresentada no Salão de Pequim


A Volkswagen está apresentando a nova geração do Touareg no Salão do Automóvel de Pequim, na China. O SUV chega a sua terceira geração com um design bem diferente do que vimos na primeira e segunda geração (vale lembrar que a segunda geração foi lançada como uma evolução da primeira, ou seja, o design pouco mudou na época), trazendo a nova filosofia de design da marca alemã. Desenvolvido sobre a nova plataforma modular MLB EVO, o Touareg será produzido na Eslováquia, junto dos irmãos Audi Q7, Bentley Bentayga, Porsche Cayenne e Lamborghini Urus. O novo Touareg passa a ter 4,87 metros de comprimento, 1,94 metro de largura e 1,70 metro de altura, perdendo 106kg graças a introdução de uma plataforma mais leve e de 48% de alumínio na estrutura e 52% de ações de ultra resistência na carroceria. O porta-malas varia de 697 litros a 810 litros. No design, ele se destaca por trazer linhas mais refinadas e sóbrias. Na dianteira, destaque para os faróis de Full LED adaptativos unidos a grade dianteira, proposta que lembra o Arteon. O para-choque dianteiro ainda possui grandes entradas de ar nos extremos laterais. Há um aplique no para-lama dianteiro e que passa na porta-dianteira, algo que os novos Volkswagen ganharam nos últimos meses. As colunas D passam a ser mais largas e passam sensação de robustez, enquanto a traseira possui design limpo, com destaque para as lanternas em LEDs. 


No interior, destaque para o ambiente mais luxuoso e tecnológico, com a central multimídia Discover Premium, que tem uma enorme tela de 15 polegadas e com um layout totalmente exclusivo. Há ainda um quadro de instrumentos com tela de 12,3 polegadas, enquanto o acabamento do painel possui apliques de madeira e couro costurado nos revestimentos, bem como console com alavanca de marchas achatada e complexa, como no Q7, por exemplo. O Volkswagen Touareg 2019 vem ainda com comandos para modos de terreno e de condução individuais. Entre as novidades dessa geração estão a suspensão pneumática com rodas traseiras direcionais e visor noturno com detecção de pedestres, animais e ciclistas. Outra novidade é o controle de cruzeiro adaptativo semiautônomo até 60 km/h, alerta de tráfego cruzado que reage ao trânsito e HUD. Na mecânica, ele conta com o 3.0 V6 TDI que desenvolve 231cv ou 286cv, além do 3.0 V6 TSI que desenvolve 340cv e a versão topo de linha possui o motor 4.0 V8 TDI de 421cv de potência. A China ainda deve ter um motor híbrido plug-in que desenvolve 367cv com o motor TSI, com 58km no modo puramente EV. Em todas as opções de motor o câmbio é o automático de 8 velocidades e há opção de tração 4MOTION.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Volkswagen estuda expandir fábrica de São Bernardo do Campo (SP), que produz Polo e Virtus

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Ford Ranger Raptor custa 25% a mais que versão Wildtrak, antiga opção topo de linha

SWM apresenta o seu primeiro SUV, o GoOne, e é apresentado no estádio do Inter de Milão

Hyundai desenvolve a linha N-Line, que estreia primeiro no i30, como opção abaixo da N-Spec

Atual Suzuki Jimny sai de linha no exterior mas se mantém no Brasil por mais um tempo

Jeep descarta desenvolvimento de crossovers e reafirma suas capacidades para offroad

Jaguar diz que um futuro J-Pace é possível e dá a entender que SUV já está em desenvolvimento