Cadillac apresenta o XT4 no Salão de Nova York, o menor SUV da marca premium da GM


A Cadillac está apresentando uma opção menor que o XT5 nos Estados Unidos. Trata-se do compacto XT4, modelo que se une à linha da Cadillac, hoje composta por ATS, CTS, XTS, CT6, ATS Coupé, XT5 e Escalade. O XT4 se destaca por ter 4,59 metros de comprimento, 2,77 metros de entre-eixos, 1,88 metro de largura e 1,62 metro de altura. Produzido em Fairfaz, Kansas City, o SUV é produzido sob a plataforma E2XX, a mesma de Opel Insignia, Buick Regal, Holden Commodore e do Chevrolet Malibu. O seu design é elegante como todo Cadillac, com linhas joviais e possui faróis de Full LED adaptativos com enormes luzes diurnas de LED, que descem até a base do para-choque dianteiro, com uma ampla grade dianteira com elementos que lembram escamas. Na lateral, destaque para as rodas de 20 polegadas e as portas traseiras, bem amplas. As colunas C são retas e inclinadas, quebrando um pouco a fluidez das linhas. Na traseira, as lanternas em LED formam um L bem atraente. No interior, o painel é bem amplo, com apliques de madeira e muitos cromados. Ele possui ainda instrumentação com dois mostradores analógicos e um display grande. A tela da multimídia possui design bem diferente, sendo plana e (bem) inclinada. Logo abaixo está o conjunto de comandos físicos, enquanto a alavanca é em estilo joystick com botão de navegação e controle de rádio, touch screen. O espaço atrás é bem amplo e o porta-malas está dentro da média da concorrência. Nos EUA ele deve ser vendido nas versões Luxe, Luxe Premium e Sport. Desde a versão de entrada ele conta com rodas de liga leve aro 20, bancos dianteiros elétricos com memória, conjunto ótico totalmente em LED, multimídia com Android Auto e CarPlay, teto solar elétrico e panorâmico, barras no teto, câmera de ré, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, alerta de faixa e ponto cego, estacionamento automático, bancos em couro, suspensão adaptativa e som Bose. A tração AWD é opcional em todas as versões e ele deve ser equipado com motor 2.0 Turbo com injeção direta de combustível e desligamento de cilindros. O motor desenvolve 240cv e 35,7kgfm, acoplado ao câmbio automático de 9 velocidades. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Volkswagen estuda expandir fábrica de São Bernardo do Campo (SP), que produz Polo e Virtus

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Ford Ranger Raptor custa 25% a mais que versão Wildtrak, antiga opção topo de linha

SWM apresenta o seu primeiro SUV, o GoOne, e é apresentado no estádio do Inter de Milão

Hyundai desenvolve a linha N-Line, que estreia primeiro no i30, como opção abaixo da N-Spec

Atual Suzuki Jimny sai de linha no exterior mas se mantém no Brasil por mais um tempo

Jeep descarta desenvolvimento de crossovers e reafirma suas capacidades para offroad

Jaguar diz que um futuro J-Pace é possível e dá a entender que SUV já está em desenvolvimento