Volkswagen apresenta Polo ainda camuflado e com motor TSI nas versões Comfortline e Highline


A Volkswagen revelou o primeiro teaser da nova geração do Polo no Brasil. O hatch foi apresentado nas versões Comfortline e Highline com motor 1.0 12v TSI acoplado sempre ao câmbio automático de 6 velocidades. Essa motorização com a versão Comfortline terá alerta de fadiga, ar-condicionado digital, central multimídia, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, acesso sem a necessidade de chave nas mãos, partida por botão. Já o quadro de instrumentos digital e a central multimídia com tela de 8 polegadas serão exclusivos da versão topo de linha, Highline. O hatch ainda deve contar com Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão (que freia o veículo para evitar múltiplas colisões), o BSW (Limpeza Automática dos Discos de Freio), que seca os componentes em caso de chuva, assegurando o menor espaço de frenagem e maior segurança além do painel de instrumentos digital. A VW também adianta que molas e amortecedores contam com cargas específicas para as condições do piso brasileiro. Todas as versões serão equipadas com controle de tração, porém somente as equipadas com motorização TSI recebem também o controle de estabilidade com uma série de recursos englobados no sistema, com destaque para o assistente de partida em rampa e o bloqueio eletrônico do diferencial (EDS) com a função XDS+, que diminui a necessidade de movimentação do volante por meio de intervenções seletivas nos freios das rodas internas às curvas nos dois eixos e permitindo uma transferência do torque disponível do motor para as rodas externas. O Polo deve ser vendido nas versões 1.0 12v MPI, 1.6 16v MSI e 1.0 12v TSI, sendo que os dois últimos devem trazer opção de câmbio automático de 6 velocidades. O motor 1.0 12v TSI deve desenvolver 128/116cv de potência, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades Tiptronic. O motor 1.0 TSI é 3cv mais potente com câmbio automático e o torque será de 20,4kgfm como o manual. No hatch ele deve ser vendido apenas câmbio automático. A Volkswagen deve usar a mecânica para a sua nova estratégia de marketing, com destaque para o torque de 200nm, que deve ser o novo nome do modelo estampado na tampa do porta-malas. O hatch ainda deve ser o primeiro equipado com plataforma modular MQB-A0. A suspensão foi elevada em 20mm em relação à Europa, com eixo de torção na traseira e McPherson na dianteira. Segundo a VW, ela garante mais conforto por causa do solo brasileiro, que é mais acidentado. Para receber o porta-malas na tampa do porta-malas, o porta-malas foi reduzido e deve ficar na casa dos 300 litros no Brasil.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022

Chevrolet estuda um novo utilitário esportivo para o Brasil e Suburban era uma das opções

Volkswagen entra para o mundo VUC com Delivery Express por R$118 mil iniciais

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

CAuto #75: Volkswagen emplaca nome Polo em sua terceira tentativa no Brasil

TOP 100: Volkswagen Tiguan volta ao ranking com nova geração e Suzuki Vitara cai

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990