sexta-feira, agosto 04, 2017

PSA e GM finalizam transição da Opel/Vauxhall para o grupo francês depois de cinco meses


A Opel e a Vauxhall passam a ser 100% da PSA. Com o negócio fechado, o grupo francês adquire as marcas alemã e inglesa de forma integral. Depois de cinco meses de negociações, as marcas passam a fazer parte do conglomerado francês, que se torna o segundo maior da Europa, atrás apenas do Grupo Volkswagen. Até então a PSA tinha as marcas Citroën, DS e Peugeot. Agora, com Opel e Vauxhall, a PSA planeja seu futuro a partir dessa semana. A meta da equipe francesa é fazer com que as marcas voltem a ser rentáveis até 2020. “Estamos orgulhosos de participar do Grupo PSA e agora estamos abrindo um novo capítulo em nossa história depois de 88 anos com a General Motors. Continuaremos nosso caminho para tornar a tecnologia “made in Germany” disponível para todos”, afirmou o CEO da Opel, Michael Lohscheller. ”Iniciamos hoje com a Opel e a Vauxhall uma nova fase do desenvolvimento do Grupo PSA. Esse projeto virou realidade em alguns meses unicamente graças ao trabalho extraordinário das equipes, às quais agradeço calorosamente. Saberemos aproveitar a oportunidade de nos fortalecer mutuamente e de conquistar novos clientes graças à execução do plano de desempenho que a Opel e a Vauxhall colocarão em prática”, disse o presidente mundial do Grupo PSA, Carlos Tavares. “Paralelamente, a implementação do plano Push to Pass continua a ser uma prioridade para as equipes, que se mantêm concentradas na realização dos seus objetivos. Acreditamos na dinâmica que essas estratégias podem criar, em benefício de nossos clientes e de nossos funcionários”, diz Tavares. A PSA ainda não decidiu sobre a JLR comprar a Vauxhall por quase o mesmo preço que a PSA comprou as duas da GM. Tudo indica que a negociação esfriou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário