sábado, agosto 05, 2017

Mazda confirma produção do motor HCCI, motor que inova ao conseguir consumo de até 30km/l


Parece que a Mazda deve produzir o motor HCCI que foi apresentado não faz muito tempo. A sigla, que significa Homogenous Charge Compression Ignition. A traduçao, motor de ignição por compressão com carga homogênea, provavelmente não dá ideia do que ele faz. Os motores HCCI são motores a gasolina que são bons em termos de emissões, mas nem tanto em eficiência energética. Totalmente o contrário dos motores movidos a diesel. Engenheiros de todo o mundo estão tentando juntar os dois mundos. A carga homogênea se refere à mistura de combustível e de ar. Ela tem de ser a mais homogênea possível, ou seja, não deve haver uma concentração de combustível dentro do pistão, como normalmente acontece em motores com injeção direta ou common rail. A ignição por compressão é o que os motores movidos a diesel fazem: dispensam velas de ignição para atear fogo à mistura. O caminho, segundo se dizia, era um comando de válvulas variável e um monitoramento constante da temperatura. Com temperatura mais alta, as válvulas de escape ficariam abertas mais tempo, para expulsar os gases quentes. Com ela mais baixa, ficariam fechadas, para preservar o calor dentro da câmara de combustão. Os motores devem fazer parte da segunda geração do SkyActiv. A promessa com o novo motor é que o 2.0 será capaz de fazer 30km/l de gasolina. Marca de diesel, que nenhum 1.0 Otto vendido no Brasil ou no exterior consegue repetir. O lançamento pode ocorrer em algum momento de 2018, possivelmente para o médio Mazda3.


Nenhum comentário:

Postar um comentário