Em julho, vendas crescem apenas 1,9%, mas produção cresce 17,9% puxada pela exportação


O mercado brasileiro parece que está indo muito bem, obrigado. Apesar de um crescimento de tímidos 2% em julho, o crescimento na produção foi de satisfatórios 18%, grande parte puxado pela exportação. Segundo a Anfavea, de janeiro a julho o avanço é 22,4%, com um total de 1,48 milhão de unidades produzidas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. Os envios de veículos e máquinas agrícolas montadas para fora do país registraram alta de 42,5% em julho, com 65,7 mil unidades. Nos primeiros sete meses do ano, o salto é de 55,3% com 439,6 unidades ante 283,1 mil unidades em relação ao mesmo período de 2016. Em valores, as exportações somaram US$1,38 bilhão, uma alta de 46,8% ante julho de 2016. O total de empregados pelas fabricantes cresceu 0,2% de junho para julho, para 125,2 mil funcionários. No entanto, em relação ao ano passado, o nível de emprego no setor ainda é 1,3% menor. A previsão para 2017 é de 705 mil unidades entre veículos e as máquinas agrícolas, número 35,6% maior que 2016.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022

Chevrolet estuda um novo utilitário esportivo para o Brasil e Suburban era uma das opções

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

TAC Stark retorna ao mercado renovado e com mais investimentos por R$115.000

Chevrolet revela dois teaser da Spin reestilizada, que será lançada dia 04 de julho

Chevrolet Spin reestilizada é flagrada sem nenhuma camuflagem por sites argentinos