domingo, agosto 13, 2017

CAuto #67: Peugeot 3008 é o legítimo caso de superação e apresenta nova fase da marca francesa


A segunda geração do Peugeot 3008 foi lançada no Brasil em junho. A pré-veda terminou no final de julho e agora ele começa a ser vendido no nosso mercado. Segundo a Peugeot, foram mais de 1.500 pedidos pelo utilitário esportivo nesse pouco mais de um mês de pré-venda. Isso coloca o 3008 em um dos casos de superação do nosso mercado. Sabe porque? Você lembra da primeira geração, lançada no Brasil em 2010 que nunca chegou a ser um sucesso de vendas. Na verdade a primeira geração era um misto de SUV com minivan média, o que não agradava alguns consumidores. Agora assumindo a sua identidade de utilitário esportivo, o modelo chega novamente forte no segmento de SUVs Médios e parece já colher os primeiros frutos. Após o sucesso na pré-venda, a Peugeot emplacou cerca de 65 unidades no dez primeiro dias de agosto. Se manter o pique deve vender 195 unidades no seu primeiro mês de vendas. Isso representa um sucesso enorme para uma faixa de preço onde a PSA nunca foi bem sucedida devido a má-imagem do seu pós-venda. A segunda geração do 3008 também quebra essa regra ao trazer o programa Total Care, que oferece vários serviços de pós-venda e condições especiais nos serviços. Graças a mudança da PSA no seu posicionamento de pós-venda. O modelo ainda trouxe a nova filosofia de design da marca francesa, que parece que voltou a chamar atenção assim como com o 206 no início desse século. O 3008 é vendido em versão única, a Griffe, com motor 1.6 THP por R$139.990. A Peugeot poderia oferecer uma versão mais simples, a Allure, assim como ofereceu na primeira geração. Mas nem tudo é perfeito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário