quinta-feira, julho 13, 2017

Volvo anuncia fim dos motores a combustão a partir de 2019 e deve focar em híbridos e elétricos


A Volvo confirmou que a partir de 2019 todos os seus automóveis devem se tornar em híbridos ou elétricos. Entre 2019 a 2021 a marca sueca deve apresentar cinco modelos elétricos, mas ainda não 100% elétricos, chamado pela marca sueca de eletrificação. Esse processo deve ter diversos graus. Partindo de uma hibridização leve, com o uso de alternoarranque, para o sistema stop-start, passando pelos híbridos e chegando aos modelos completamente elétricos. A Volvo diz que lançará, entre 2019 e 2021, 5 modelos totalmente movidos a bateria, sendo 2 deles modelos de alto desempenho da Polestar, que se tornará uma marca independente. A hibritização leve deve ser a mesma que Volkswagen e Renault já colocam em prática. O sistema de 48V, que oferece uma maior eficiência energética. Os modelos totalmente elétricos ainda devem demorar um pouco para aparecerem mas é dado como certo para um futuro um pouco mais distante. As plataformas já podem aceitar qualquer tipo de motorização, seja ele a combustão ou elétrico, as plataformas CMA e SPA já foram desenvolvidas para todo tipo de motorização. "É uma demanda do consumidor", diz Håkan Samuelsson, presidente e CEO da Volvo. "As pessoas querem cada vez mais modelos eletrificados e essa é nossa resposta às necessidades atuais e futuras de nossos clientes. Você poderá escolher qualquer Volvo eletrificado que quiser.”. O concreto é que a partir de 2019 nenhum automóvel da marca deve ser vendido com motor puramente a combustão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário