segunda-feira, julho 31, 2017

Volkswagen nega o fim da produção do Golf, mas espera que segmento de hatchs médios reaja


A Volkswagen revelou logo após o anúncio do David Powels que a produção do Golf não deve ser interrompida. A marca alemã reafirmou que o modelo continua e continuará a ser produzido no Brasil. Porém se o segmento de hatchs médios não reagir dentro do prazo estimado pela Volkswagen, que não foi revelado, o modelo possa deixar de ser produzido para voltar a ser importado, possivelmente do México. A Volkswagen ainda confirmou que não tem estudos do modelo deixar de ser produzido, mas se o presidente falou em entrevista, possivelmente a oitava geração possa vir por meio do México, assim como o novo Jetta. Em breve o Golf deve ganhar um face-lift de meia-vida, que deve trazer faróis duplos de LED com LEDs diurnos redesenhados, tendo ainda um friso cromado que se harmoniza com um dos DRL´s. O para-choque também foi alterado, ganhando aspecto mais moderno. O protetor traseiro também foi atualizado. Já na traseira o arranjo interno das luzes foi reformulado e todas as versões saem de fábrica agora com LEDs. Por fim, o para-choque foi levemente redesenhado, assim como as saída de escape. Rodas com layout inédito completam o pacote. Na cabine, o quadro de instrumentos digital de 12,3 finalmente chega ao Golf. O recurso já está presente nos novos Passat, Tiguan e outros, e permite a escolha de pelo menos cinco configurações diferentes (incluindo o modo especial de negação). Além disso, o sistema de entretenimento foi completamente revisto e agora atende pelo nome Discover Pro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário