sábado, julho 29, 2017

Volkswagen cogita interromper produção nacional do Golf, após queda nas vendas dos hatchs médios


A Volkswagen revelou recentemente que pode deixar de produzir o Golf na fábrica de São José dos Pinhais (PR). Em entrevista ao site Automotive Business, David Powels, CEO da Volkswagen Brasil e Volkswagen América Latina, revelou que a produção nacional do Golf pode estar com os dias contados, caso continue vendendo pouco. Atualmente o segmento de hatchs médios representa 1,27% do total do mercado em 2017. “Vamos ver como fica, mas se continuar assim com vendas muito baixas, poderemos interromper a fabricação”, revelou Powels ao Automotive Business. O Golf é, atualmente, o vice-líder do segmento, perdendo apenas para o Chevrolet Cruze Sport6, que recebeu uma nova geração em 2016. No acumulado do ano foram 2.461 unidades emplacadas ante 3.222 unidades do Sport6. Apesar da declaração do executivo, a produção do Golf deve seguir nos planos da Volkswagen brasileira por mais um tempo. O modelo reestilizado já circula pelo Brasil há alguns meses, como mostram diversos flagras que já publicamos. O Golf tem preços que oscilam entre R$77.247 a R$161.724 (com todos os opcionais), um dos grande problemas do hatch. Além disso, as versões mais atraentes, equipadas com motor 1.4 TSI, custam mais de R$100.000 (custava relançar o Comfortline 1.4?), enquanto o 1.0 TSI é vendido apenas com câmbio manual e o 1.6 MSI deve ser retirado do mercado. Em breve o Golf deve ganhar um face-lift de meia-vida, que deve trazer faróis duplos de LED com LEDs diurnos redesenhados, tendo ainda um friso cromado que se harmoniza com um dos DRL´s. O para-choque também foi alterado, ganhando aspecto mais moderno. O protetor traseiro também foi atualizado. Já na traseira o arranjo interno das luzes foi reformulado e todas as versões saem de fábrica agora com LEDs. Por fim, o para-choque foi levemente redesenhado, assim como as saída de escape. Rodas com layout inédito completam o pacote. Na cabine, o quadro de instrumentos digital de 12,3 finalmente chega ao Golf. O recurso já está presente nos novos Passat, Tiguan e outros, e permite a escolha de pelo menos cinco configurações diferentes (incluindo o modo especial de negação). Além disso, o sistema de entretenimento foi completamente revisto e agora atende pelo nome Discover Pro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário