segunda-feira, julho 31, 2017

Skoda dá início a produção do Karoq, que deve ser revelado ao público no Salão de Frankfurt


Depois de lançar o Kodiaq em 2016, a Skoda apresentou o Karoq em 2017 que substitui o Yeti na Europa e que agora começa a ser produzido na fábrica de Kvasiny, na República Tcheca. Primo do Volkswagen Tiguan, o modelo ainda não teve seu lançamento oficial na Europa e será apresentado ao público no Salão de Frankfurt, onde ele deve ser lançado. A Skoda confirmou que as primeiras unidades devem ser entregues em outubro. A fábrica de Kvasiny é um dos três centros de produção da Skoda na República Tcheca. Atualmente a fábrica possui 8.000 empregados e é a maior indústria da região de Hradec Králové. Durante os últimos anos a marca destinou uma grande quantidade de recursos para sua ampliação e modernização. Sua capacidade de produção aumentará gradualmente até atingir um volume anual de 295.000 veículos. O design do Karoq é inspirado no Kodiaq. O utilitário esportivo conta com faróis duplos em LED na dianteira, grade com moldura cromada e filetes verticais, vincos marcantes no capô e nas laterais, linha de cintura elevada, caixas de roda quadradas e lanternas invadindo a tampa do porta-malas. O interior ainda não foi divulgado por completo, mas sabe-se que o modelo será o primeiro Skoda a oferecer painel de instrumentos totalmente digital. Entre os principais itens de série, o Karoq conta com volante e bancos dianteiros e traseiros com aquecimento, sistema multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, carregador wireless para smartphones, iluminação ambiente em LED, controle de cruzeiro adaptativo, detector de ponto cego, assistência de emergência, Park Assist, assistente de tráfego cruzado, assistente de manutenção de faixa, assistente de engarrafamento, entre outros. O modelo conta com 4,38 metros de comprimento, 2,63 metros de entre-eixos, 1,84 metro de largura e 1,60 metro de altura. O porta-malas é de 521 litros mas pode ser ampliado 1.630 litros com o banco traseiro rebatido e 1.810 litros com o assento traseiro removido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário