sábado, julho 08, 2017

Segundo site, Nissan Frontier deve ganhar versão intermediária SE até o final do ano, mais em conta


Lançada neste ano, a nova geração da Nissan Frontier deve seguir a mesma tática do irmão Kicks. Começou a ser vendido na versão topo de linha, ganhou intermediária e logo em seguida a produção na América Latina. Vendida com a versão LE apenas, a nova Frontier deve ganhar a versão SE até o final do ano, segundo o site Autos Segredos. A versão deve servir como intermediária, perdendo alguns mimos da LE. A versão vai perder os itens bancos revestidos em couro, acendimento automático dos faróis, aquecimento dos bancos dianteiros, banco do motorista com regulagem elétrica, bancos dianteiros com tecnologia Zero Gravity, ar-condicionado digital Dual Zone devem deixar de ser ofertados. Assim como a chave inteligente presencial (I-Key) e sistema eletrônico de ignição (botão Push Start). Todos os demais devem ser vendidos. Com isso o preço inicial da picape deve cair de R$166.700 para cerca de R$150.000. Na mecânica ela deve manter o mesmo conjunto da versão LE com o motor 2.3 dCi que desenvolve 190cv de potência e torque de 45,9kgfm, acoplado ao câmbio automático de 7 velocidades em conjunto com tração integral, enquanto a suspensão traseira traz eixo rígido com sistema multilink. A aceleração de 0 a 100km/h é feita em 10,2 segundos, bom para uma picape que pesa 1.985kg. A Nissan diz que a picape é a melhor da categoria em termos de altura livre do solo, valorizando a valentia off-road do modelo. Ela deve ser vendida nas opções de cor preto premium, branco aspen, laranja imperial, cinza grafite, prata classic e vermelho alert. As versões de entradas serão lançadas em 2018, quando a produção passar a ser na Argentina.


Fonte: Autos Segredos

Nenhum comentário:

Postar um comentário