Segunda geração do Ford Edge completa um ano de mercado com vendas discretas e preço alto


A segunda geração do Ford Edge chegou ao Brasil com um atraso de quase dois anos. E quando chegou, veio com um preço que assustou boa parte dos consumidores da primeira geração que pensavam trocar pelo novo modelo. O preço foi o que mais afastou os consumidores. O modelo que era vendido abaixo dos R$150.000 chegou com preço de R$229.900. Além disso passou a ser vendido apenas com a versão Titanium. Baseado no Fusion, a segunda geração traz a inspiração do sedã para suas linhas, especialmente na traseira. Em seu design, logo se destaca logo de cara pelo novo visual, mais moderno e com linhas mais agressivas, com direto a faróis espichados, formando conjunto com a nova grade trapezoidal, rodas de liga-leve de 20 polegadas, linha de cintura elevada e lanternas horizontais de LED, interligadas por um filete que percorre toda a tampa do porta-malas. Já o interior segue os demais automóveis topo de linha da Ford, com refinamento e uma série de equipamentos. E na segunda geração ele está maior que na primeira. São 10 centímetros a mais no comprimento (4,78 metros), 4cm na altura (1,74m) e 3cm no entre-eixos (2,85m), enquanto a largura permaneceu com 1,93m, beneficiando o espaço para as pernas dos ocupantes traseiros. Além disso, graças a nova base, houve melhorias de 20% no controle de rodagens e absorção de impactos, 20% na rigidez, 5% no nível de ruído de vento e 3% de rolagem. Importado do Canadá, a nova geração do Edge é equipada com motor 3.5 V6 a gasolina que desenvolve 284cv de potência e um torque de 34,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de 6 velocidades com paddle-shifts para trocar as marchas. O novo Edge também é vendido com tração integral 4WD. Com toda a perda do custo/benefício, as vendas do Edge caíram de 150 unidades mensais para cerca de 30 unidades mensais. Em 2017 o utilitário esportivo ficou em 150º ao vender 127 unidades, média de 21,6 unidades por mês.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022

Chevrolet estuda um novo utilitário esportivo para o Brasil e Suburban era uma das opções

Volkswagen entra para o mundo VUC com Delivery Express por R$118 mil iniciais

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

TOP 100: Volkswagen Tiguan volta ao ranking com nova geração e Suzuki Vitara cai

CAuto #75: Volkswagen emplaca nome Polo em sua terceira tentativa no Brasil

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990