segunda-feira, julho 31, 2017

Rolls-Royce apresenta a oitava geração do Phantom, que estreia no Salão de Frankfurt ainda mais luxuoso


Ficou a cargo da oitava geração do Phantom apresentar como será os próximos Rolls-Royce. Com apresentação ao público no Salão de Frankfurt, o sedã fica ainda mais luxuoso e tecnológico. O design, apesar de ser parecido com o do modelo atual (a Rolls-Royce é tradicional e não ousa no design) mostra uma certa evolução. Com portas traseiras suicidas, abrem e fecham automaticamente, chamado de "The Embrance" (O Abraço). O segundo, só para não nos estendermos muito, é o "The Gallery", ou um painel inteiramente novo. Ele esconde sob um vidro não só os instrumentos, a central eletrônica e o relógio. Na oitava geração, o sedã ainda ficou 75kg mais leve. No interior, o sedã conta com direção nas quatro rodas e sua carroceria conta com barras estabilizadoras ativas, que evitam a rolagem da carroceria. A Continental desenvolveu pneus específicos para o superluxuoso, feitos para reduzir o ruído no rodar. As rodas dianteiras agora são aro 21 polegadas, enquanto as traseiras têm aro 22 polegadas. O Phantom ganhou ainda faróis de laser com alcance de 600 metros. No acabamento interno foi aplicado metais nobres, madeiras de lei, couros de criação própria e revestimentos do mais alto nível de qualidade. O interior ficou mais espaçoso e confortável, tendo um isolamento acústico 60dB mais silencioso que no modelo anterior. Na mecânica a Rolls trouxe o 6.75 V12 que desenvolve 570cv de potência com torque de 91,8kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 velocidades. Com esse conjunto ele acelera de 0 a 100km/h em 5,3 segundos e atinge a velocidade máxima, limitada, a 250km/h.




Nenhum comentário:

Postar um comentário