sábado, julho 15, 2017

Renault Kwid deve ganhar versão elétrica na China e na Índia em meados de 2018 sem perder baixo custo


A Renault deve apresentar o Kwid para a China em meados de 2018. No maior mercado do mundo, o hatch francês deve contar com uma motorização inédita. A Renault está pensando em lançar o Kwid com motor elétrico para a China e logo em seguida para a Índia. Segundo o jornal japonês Nikkei, a ideia do grupo Renault-Nissan é ter um representante elétrico no segmento A, a tal ponto de atender as grandes metrópoles que estão saturadas de automóveis a combustão. Mantendo a proposta de baixo custo, o Kwid EV chegaria aos mercados com um preço final razoável para os padrões locais. O projeto está sendo tocado em parceria com a Dongfeng, mas Nissan e Mitsubishi também terão versões próprias - dando à aliança uma escala muito maior. Aparentemente o projeto envolve a plataforma CMF-A do Kwid, que assim teria irmãos das outras duas marcas de origem japonesa, mas com um custo de produção bem baixo. Essa plataforma modular já foi desenvolvida para receber baterias e assim o pequeno da Renault poderá ter um preço na casa dos €11.500 a partir de 2018, sem incentivos.


Fonte: Foro Coches Eléctricos

Nenhum comentário:

Postar um comentário