quarta-feira, julho 26, 2017

Kia Stinger deve vir na versão topo de linha com motor V6, em 2018, por cerca de R$300 mil


Durante o balanço de junho da ABEIFA, o presidente da entidade, José Gandini (também presidente da Kia no Brasil), confirmou que a marca sul-coreana já deu início ao processo de homologação do sedã esportivo Stinger no nosso mercado. Com lançamento esperado para 2018, o sedã será lançado na versão topo de linha, equipado com motor V6. Chegando como o topo de linha da marca, o Stinger foi apresentado neste ano durante o Salão do Automóvel de Detroit. Com 4,80 metros de comprimento, 2,90 metros de entre-eixos e 1,87 metro de largura, o Stinger GT terá opção de traseira traseira ou integral. Desenvolvido pela Centro de Design da Kia em Frankfurt, na Alemanha e testado em Nürburgring Nordschleife, o Stinger não nega que sua intenção é ser um "alemão". Bastante fiel ao conceito de 2014, do qual deriva, o sedã só deixa de oferecer portas suicidas do modelo conceitual, porém chama a atenção as suas saídas dupla de escape e as saídas de ar no capô. No design, destaque para os faróis duplos de LED, para-choques esportivos, rodas de desenho agressivo, carroceria em estilo cupê, saídas de ar laterais, lanternas de LED escurecidas e quatro saídas de escape. Por dentro, o painel do Kia Stinger chama atenção pelos difusores circulares, túnel central elevado, alavanca de câmbio tipo manche e volante de três raios. O display da multimídia fica bem destacado na parte superior do painel. Na mecânica, o 3.3 V6 biturbo de 370cv de potência e 52kgfm de torque foi a escolha da filial brasileira. O câmbio é automático de 8 velocidades e acelera de 0 a 100km/h em 5,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 269km/h. O seu preço no Brasil deve ficar na casa dos R$300.000.


Um comentário: