Jeep Renegade deve ganhar face-lift de meia-vida no Brasil no segundo semestre de 2019


Lançado globalmente em 2014, o Jeep Renegade já caminha para a sua mudança de meia-vida, que deve fazer com ele ganhe mudanças visuais externas, internas e mecânicas. No Brasil o lançamento foi confirmado para acontecer no segundo semestre de 2019 e as mudanças no exterior serão apresentadas em 2018. Segundo o Autocar Índia, o modelo deve ser lançado na Índia no mesmo tempo, já com o face-lift. As mudanças visuais do novo Jeep Renegade serão apenas sutis para manter o carro atualizado no mercado. Entre as alterações, é de se esperar por retoques na grade dianteira, faróis, lanternas e para-choques, além de novas rodas de liga-leve. O interior também deve trazer poucas novidades, e se tiver serão no acabamento. Novas opções de revestimento para bancos e alterações no painel, além de novos itens de série como equipamentos de entretenimento e segurança. Em alguns mercados o Renegade deve vir equipado com motor 1.4 MultiAir de 160cv de potência e o 2.0 MultiJET. No Brasil a permanência do 1.8 ainda é uma incógnita, podendo ganhar uma opção intermediária entre o 1.8 e o 2.0 Diesel, possivelmente o 2.0 usado pelo Compass, mas nada confirmado.


Fonte: Autocar Índia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

SsangYong lança Tivoli e Tivoli XLV no Brasil com preços que começam em R$84.900

Chevrolet revela dois teaser da Spin reestilizada, que será lançada dia 04 de julho

TAC Stark retorna ao mercado renovado e com mais investimentos por R$115.000

Chevrolet Spin reestilizada é flagrada sem nenhuma camuflagem por sites argentinos

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022