segunda-feira, julho 24, 2017

Dacia anuncia que segunda geração do Duster não terá carroceria de sete lugares, como relatado


Parece que tudo não passou de um (muito bem inventado) boato, que surgiu na Europa. A notícia que um "Grand" Duster poderia ser lançado em 2018 foi desmentida pela Dacia, subsidiária da Renault de baixo custo na Europa. O utilitário esportivo deve ganhar uma segunda geração ainda este ano, mas somente com carroceria de cinco lugares. Em entrevista à revista Auto Express, François Mariotte, diretor global de vendas da Dacia, confirmou que uma nova geração do Duster não deve contar com tal variante. "Eu sei que há muito barulho sobre isso. Mas você pode esquecer. Esse não é o caminho", disse o executivo. De acordo com Mariotte, não há nenhuma "maneira plausível" de transformar um carro originalmente de 5 lugares em algo com 7 assentos. Segundo o executivo, o modelo ficaria muito longo para ser um "compacto" e atrapalharia suas capacidades off-road. O tal Grand Duster sequer foi flagrado em testes, o que confirma a afirmação do executivo. A segunda geração do Duster não adotará a nova plataforma modular CMF-B, partindo para a base M0, uma B0 com modernizações. É uma solução para manter os preços competitivos e não invadir a seara do irmão mais refinado, o Captur. O design deve passar por pequenas alterações em relação ao modelo atual a fim de modernizar suas linhas. Sua apresentação segue de pé para o Salão de Frankfurt na Europa e em 2018 no Brasil.


Fonte: Auto Express

Nenhum comentário:

Postar um comentário