sábado, julho 08, 2017

Comemorando 25 anos de Brasil, Kia confirma Rio, Rio Sedan, Stonic, Picanto, Optima e Cadenza para 2018


A Kia está comemorando 25 anos de mercado brasileiro em 2017. Com início das suas operações em 30 de junho de 1992, a marca sul-coreana foi uma das primeiras e chegar logo após o governo abrir o mercado para importados. Mas desde 2012 com o baque do IPI para importados a Kia caiu de 80.000 unidades para a meta de 8.000 unidades em 2017. Para reverter essa má fase, a marca sul-coreana pretende em 2018 vender 20.000 unidades com uma enxurrada de lançamentos, a maioria que estava previsto para 2017 mas que deve ter seus lançamentos adiados pelo fim do programa Inovar-Auto, e com o OMC decretando que o IPI deve terminar assim com o final do prazo do programa, a Kia espera voltar aos seus tempos de glória ou ao menos, melhorar a situação atual. Para isso a marca confirmou os seguintes lançamentos para 2017: Rio, Rio Sedan, Picanto, Stonic, Optima e Cadenza. A marca prevê o lançamento de oito modelos até o final de 2018, sendo os outros dois uma incógnita mas ainda assim com algumas sugestões. A confirmação veio de Luis Gandini, CEO da empresa no Brasil. "Nossas projeções para 2018 já indicam 20 mil veículos, um alento depois de cinco anos de quedas sucessivas. Esse número será justificado por importantes lançamentos em 2018, como o do novo Picanto, do Rio, de um novo SUV de pequeno porte e do Optima GDI”, disse Gandini à revista Automotive Business. “Ainda limitados pela cota anual de 4,8 mil unidades/ano sem os 30 pontos percentuais (de IPI), infelizmente vamos fechar 2017 com cerca de 10 mil unidades. Com a paridade tributária, não tenho dúvida de que a Kia voltará a ter força, o suficiente para recuperar a rede concessionárias (...) Os mercados fechados só prejudicam os consumidores”, disse ele. Vale destacar que a Kia deve trazer Rio e Stonic da fábrica mexicana em 2018, enquanto os demais modelos virão da Coréia do Sul.




Nenhum comentário:

Postar um comentário