segunda-feira, julho 31, 2017

Com populares e compactos em queda, General Motors pode fazer "limpa" no lineup nos EUA


Com a onda de preço baixo dos combustíveis nos Estados Unidos, a venda de modelos populares, compactos e médios naquele país vem caindo queda atrás de queda. Com isso, a General Motors estuda a permanência de seis modelos no mercado norte-americano. São eles: Chevrolet Sonic, Chevrolet Volt, Chevrolet Impala, Buick LaCrosse, Cadillac CT6 e Cadillac XTS. Segundo a agência Reuters, fontes ligadas à GM garantem que esses seis modelos estão "sob revisão" e correm o risco de sair de linha até 2020. No primeiro semestre deste ano, as vendas de automóveis da GM caíram 19%, sendo junho o pior mês, com recuo de 36% em relação ao mesmo período de 2016. Por outro lado, a demanda de SUVs, picapes e crossovers só aumenta. Na visão de alguns analistas, a empresa corre até mesmo o risco de fechar algumas fábricas caso a procura por carros de passeio continue caindo. A fábrica mais vulnerável nesse momento é a de Hamtramck, em Detroit, responsável pela produção de Buick LaCrosse, Chevrolet Impala, Cadillac CT6 e Chevrolet Volt. Hoje a fábrica está ociosa por conta da baixa demanda e nesse primeiro semestre a produção caiu 32%, sendo apenas 35.000 unidades produzidas em seis meses, enquanto as demais fábricas da GM entregam entre 200 a 300 mil unidades por ano. Para o vice-presidente da AutoForecast, Sam Fiorani enxerga o cenário como preocupante. "A GM tem duas opções: criar novos produtos inovadores para substituir seus sedãs ou começar a fechar plantas", disse.




Nenhum comentário:

Postar um comentário