quinta-feira, julho 27, 2017

Chery dá início a venda direta com o QQ, com foco na venda para empresas e na sua expansão


A Chery deu início à venda jurídica no mercado brasileiro. A marca chinesa deu início a suas vendas, chamadas corporativas, com foco em ganhar mercado. Segundo o site Autodata, 28% das vendas da Chery em 2017 foram para frotistas. A meta é terminar esse ano com 35%. Na última semana o primeiro passo foi dado nesse sentido, quando a Chery entregou 15 unidades do QQ para uma locadora de Santa Catarina, que também é responsável por promover os modelos da marca na região. Esta função vai no sentido de aumentar a presença das concessionárias da Chery através de todo o país. Hoje são apenas 28 unidades. Segundo o diretor de vendas da Chery, Fábio Campos, comentou que os veículos da marca são pouco conhecidos foram dos grandes centros urbanos. “É um contrato de fornecimento e também uma forma de se costurar parcerias com empresas que conhecem bem os mercados onde atuam. É um ganho de tempo em contexto de expansão da nossa oferta sem que haja investimento pesado em ações de marketing para desmistificar o veículo chinês”. Segundo o gerente de marketing da Chery, Henrique Sampaio, os carros da marca tem preço mais competitivo, e isso é atrativo para as empresas que compram quer apenas alguns carros quanto as que precisam de grandes frotas. Ambos os executivos vieram direto da Volkswagen para justamente reforçar o time Chery e aumentar as vendas para empresas. Nos últimos meses o QQ se tornou destaque do mercado com suas 419 unidades emplacadas em junho, o melhor resultado desta segunda geração, após ganhar motor flex.


Nenhum comentário:

Postar um comentário